Esgoto doméstico causa a morte de peixes em represa de Nova Odessa

Companhia Ambiental de São Paulo confirmou na quarta-feira o vazamento de esgoto doméstico na região do Jardim dos Ipês

] A Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) confirmou na última quarta-feira (20) que a mortandade de peixes de uma pequena represa situada na região do Jardim dos Ipês, em Nova Odessa (próximo à divisa com Sumaré), foi causada pelo vazamento de esgoto doméstico, que atingiu o reservatório e permitiu a proliferação de algas, retirando oxigênio da água e, assim, matando os animais por asfixia. A Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa) afirmou desconhecer vazamentos de esgoto na rede sob sua responsabilidade, mas confirmou o problema ambiental.
Imagens e vídeos dos peixes mortos foram compartilhados por cidadãos em redes sociais e aplicativos de mensagens nesta semana, chamando a atenção para o problema. Um deles mostra dezenas de peixes mortos ou agonizando ao longo das margens. A lagoa em questão, parte de um complexo de cinco pequenos reservatórios situados ao longo do Córrego Palmital, já teria sido utilizada como pesqueiro até recentemente. Moradores de Nova Odessa chegaram a temer algum tipo de contaminação química das águas, o que não se confirmou. Um dos vídeos divulgados mostra pescadores no local.
“Técnicos da Companhia Ambiental estiveram no local na última quarta-feira (20) e constataram que a morte dos peixes em uma das lagoas do Jardim dos Ipês, em Nova Odessa, teve como causa a baixa oxigenação da água, resultante do vazamento de esgoto da rede pública. Técnicos da Coden (o serviço municipal de Água e Esgoto) estiveram no local e interromperam o lançamento irregular”, informou em nota a agência ambiental. “A Cetesb está avaliando as medidas administrativas cabíveis”, completou a nota, indicando a possibilidade de ser aplicada uma multa pela contaminação causada ao meio ambiente.

OUTRO LADO
Já a própria Coden, empresa de economia mista controlada pela Prefeitura e responsável pela coleta e tratamento de esgoto em Nova Odessa, informou ontem em nota que “desconhece ocorrências de vazamento na rede de esgoto do Jardim dos Ipês ou em qualquer outro bairro da cidade”.
“Em relação ao episódio citado, técnicos da empresa e da Secretaria de Meio Ambiente estiveram no local – onde funcionava um pesqueiro – na tarde de quarta-feira (20) e na manhã de quinta (21) para vistoriar o local e colher amostras de água. No local, medição feita pelos técnicos apontou baixa concentração de oxigênio na água, o que certamente ocasionou a morte de peixes. A baixa concentração de oxigênio deve- -se, segundos os técnicos, à presença de algas na represa, que não tem água corrente”, acrescentou a Companhia.
A Coden informou ainda que “análises laboratoriais realizadas na quinta-feira por técnicos da companhia descartaram, preliminarmente, a presença de esgoto na água represada”. “O resultado definitivo do exame deve sair na próxima semana”, finalizou a Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa.

Veja Também

Programa ‘Anjos da Escola’ fala sobre bullying com alunos de Nova Odessa

O Programa “Anjos da Escola”, desenvolvido pela Guarda Civil Municipal de Nova Odessa, encerrou na ...