‘Blitz da Mulher’ de Monte Mor ganha ‘reforço’ de promotoras e delegada

Evento promovido pela Secretaria Municipal de Segurança aconteceu na sede da GCM e teve a participação de autoridades

As promotoras de Justiça de Monte Mor Corine Mireille Vicent Nimtz e Cristiane de Morais Ribeiro Sampaio Cavalhares de Camargo Borges e a delegada Lucimara Tavares Bitencourt, juntamente com o prefeito Thiago Assis (MDB), o vice-prefeito Rogério Maluf e a vereadora Andrea Garcia, participaram da “Blitz da Mulher” na segunda-feira (11). O evento promovido pela Secretaria Municipal de Segurança aconteceu na sede da GCM (Guarda Civil Municipal), na região central. Mulheres que transitavam pela Avenida Jânio Quadros receberam flores e orientações sobre o Programa Patrulha Maria da Penha.
Durante a cerimônia, as promotoras e a delegada entregaram o certificado de participação do curso da Promotoria de Justiça em parceria com o Gevid (Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica). Foram diplomadas as guardas municipais femininas Daniela Lima, Ester Santos e Kellen Bertoloto Santana. O prefeito Thiago Assis entregou o diploma de “Mulher do Ano” à integrante do Sindicato dos Servidores Públicos de Monte Mor, Márcia Muniz.
A promotora Cristiane de Morais Ribeiro Sampaio Cavalhares de Camargo Borges destacou a importância do Programa Patrulha Maria da Penha, avaliou o avanço e afirmou ter muito apreço pelas ações precisas realizadas pelos agentes do programa. “Há pouco tempo, Monte mor era destaque nos jornais da região como cidade com o maior número de vítimas de violência doméstica, infelizmente. Hoje esse suporte as vítimas que são atendidas pelo programa transforma vida e inclusive salva as mesmas. Conte conosco, sempre para que possamos avançar juntos e continuar realizando melhorias”, destacou Cristiane.
O prefeito Assis agradeceu a participação das promotoras, parabenizou a coordenadora do Programa Patrulha Maria da Penha e destacou que durante todo mês da mulher haverá atividades voltadas à saúde da mulher e o empoderamento feminino. “Avançamos muito, mas é preciso debater cada dia mais com os órgãos públicos e, unir forças para combater a violência em todos os setores, principalmente contra a mulher”, afirmou o prefeito.
q O secretário de Segurança Pública, Adelício Paranhos apresentou as participantes a Sala Lilás, onde as vítimas de violência doméstica são atendidas, e a sala de monitoramento da Guarda Civil Municipal. Além disso, as promotoras e a delegada tiveram a oportunidade de conhecer o aplicativo de celular “Botão de Pânico”, que está em fase de teste.
O “SOS Maria da Penha” faz parte das ações de proteção às vítimas de violência doméstica que contam com medidas protetivas. Em breve, as vítimas poderão instalar em seus aparelhos de celular o aplicativo gratuito que quando acionado chamará imediatamente uma viatura que fará o atendimento no local onde a vítima estiver.

PAULISTA
As mulheres do Jardim Paulista também receberam flores durante a Blitz na avenida central do bairro. A coordenadora do Programa Patrulha Maria da Penha, Daniela Lima, agradeceu ao prefeito, as promotoras e a delegada pela confiança ao trabalho e reforçou que desde o início da ação, em janeiro de 2018, mais de duas mil visitas foram realizadas pelos agentes do Programa. “Nosso objetivo é fortalecer vínculos, aumentar as ações do programa ampliar os atendimentos voltados a família”, disse Daniela.
As ações realizadas durante todo mês são promovidas pelas Secretarias de Desenvolvimento Econômico e Social, Saúde, Segurança e Administração.

Veja Também

Hortolândia abre inscrições para o Programa ‘Minha Casa Minha Vida’

Interessados devem fazer o cadastro pela internet até o dia 20 de julho; são 620 ...