Alunos das escolas de tempo integral serão inseridos no Programa ‘Viva Mais’

Ação foi definida e anunciada durante a capacitação aos agentes educacionais da Prefeitura de Hortolândia

Para elevar a qualidade de vida e longevidade da população de Hortolândia, o Programa “Viva Mais” vai integrar a grade de atividades das escolas municipais de tempo integral por meio do protagonismo social. A ação foi definida e anunciada na última semana durante a capacitação oferecida aos agentes educacionais, que se preparam para conduzir as estações de vivência de linguagens artísticas; de acompanhamento pedagógico – protagonismo e recreação, e de esporte e lazer, todas no período oposto ao das aulas regulares. A iniciativa é da Administração por meio das secretarias de Governo (Programa “Viva Mais”) e de Educação, Ciências e Tecnologia.
A capacitação oferecida aos agentes educacionais apresentou os princípios para uma atuação pedagógica intencionalmente voltada para a promoção do desenvolvimento integral dos alunos.
“A realização de programas municipais de educação integral, com investimento em qualidade e na formação plena dos estudantes, bem como a inserção do Programa ‘Viva Mais’ na grade escolar, possibilitará a construção de diversos valores nos alunos. O projeto incentiva o equilíbrio para preservar a saúde e qualidade de vida”, explicou a secretária adjunta de Governo, Silvania Anizio da Silva.

VIVA MAIS
O Programa “Viva Mais” tem como objetivo principal promover a melhoria e elevação da qualidade de vida e longevidade da população de Hortolândia, de forma intersetorial por meio da integração de todas as secretarias municipais e sociedade como um todo, levando a execução de ações e projetos em consonância com os fundamentos e pilares do programa.
Sua missão é transformar em ações concretas todos os fundamentos e diretrizes do programa para proporcionar uma vida saudável aos munícipes, atuando com parceria e comprometimento de todos os órgãos da Administração Pública Municipal. O objetivo é transformar Hortolândia, num horizonte de dez anos, em cidade inteligente e saudável, com pessoas centenárias, felizes, interativas, com excelência na qualidade de vida.

INTEGRAL
Criado pelo governo Angelo Perugini (PDT) em 2011, o Programa de Educação Integral foi retomado em 2017. Atualmente, o programa beneficia 15 escolas municipais. A meta da Prefeitura é que, em 2020, todas as 28 EMEFs participem dele, atendendo 4.210 alunos. A iniciativa oferece a alunos do Ensino Fundamental a oportunidade de participar de atividades culturais, esportivas, artísticas, de lazer e cidadania, no horário oposto ao do ensino regular, desenvolvendo-se em diferentes dimensões.
“O programa pretende oferecer atendimento em tempo integral aos nossos alunos, buscando dessa forma, desenvolver o ensino-aprendizagem por meio de diferentes atividades lúdicas, garantindo o desenvolvimento dos estudantes em todas as suas dimensões: intelectual, física, emocional, social e cultural”, afirmou a secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Alessandra Amora Barchini.

Veja Também

Casa Brasil realiza formatura de alunos dos cursos de Informática

A Secretaria de Educação de Sumaré realizou na última quarta-feira, dia 15 de agosto, de ...