Área do córrego do Jardim Ricardo, em Hortolândia, recebe limpeza

A Prefeitura de Hortolândia realizou a limpeza de toda a área verde do córrego que passa pelo Jardim Ricardo, localizado próximo às ruas Orlando Giraldelli e Bambina Ciconi Camilo. Na ação que aconteceu na segunda-feira (04), os operários e máquinas retiraram de toda a área materiais descartados irregularmente, como restos de construção civil, além de lixo orgânico. O trabalho serve para evitar novas enchentes na região durante os dias chuvosos.
Outros serviços para evitar enchentes também aconteceram durante o final de semana na região central. Na Rua João Camilo de Camargo, próximo às lojas Seller e Casas Bahia, equipes do Departamento de Serviços Urbanos realizaram a manutenção em parte da rede de drenagem no local. O trabalho auxilia a rápida absorção da água na rede de águas pluviais.
Próximo ao CEMMH (Centro de Educação Musical Municipal de Hortolândia), na região do Rosolen, uma praça recebeu serviços de limpeza, manutenção e a poda do mato, que também foi realizada nas vias do bairro. Os brinquedos do playground do local passaram por manutenção.
No Jardim São Sebastião, algumas vias do bairro receberam uma etapa da Operação Tapa-Buraco. Equipes da Administração Municipal ainda retiraram lixo e sujeira em algumas bocas de lobo do bairro. De acordo com o Departamento de Serviços Urbanos, além de materiais descartados irregularmente, foram retirados restos de concreto. Esta ação pode entupir a rede de águas pluviais e causar alagamentos durante a temporada de chuvas.

PONTE
Na ponte que liga o Jardim Santa Emília ao Jardim Novo Ângulo, a Prefeitura trabalhou com uma máquina escavadeira dentro do córrego, retirando sedimentos e sujeira do local. O trabalho será intensificado esta semana com a chegada dos materiais comprados emergencialmente para a realização da obra que acabará com o problema na área.
O solo já foi estudado e a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), parceira da Prefeitura na obra, já realizou a manutenção nas tubulações que estão ao lado das cabeceiras da ponte para evitar problemas nas redes de água e esgoto e evitar a interrupção destes serviços na região. A previsão é que a obra seja concluída em 15 dias.

Veja Também

‘Vestibular Solidário’ da Anhanguera vai beneficiar instituições de Sumaré

Nos próximos dias 12 e 14 de dezembro, a Faculdade Anhanguera realiza mais uma edição ...