Homem flagrado com carro clonado em Sumaré morre em confronto com a PM

Acusado teria tentado se esconder no quintal de uma residência e atirado na direção dos policiais militares, que revidaram

Um homem flagrado com um Hyundai Elantra com placas clonadas morreu após se envolver em uma troca de tiros com a Polícia Militar, na tarde de quinta-feira (03), no Residencial Alto de Rebouças, na região do Maria Antonia, em Sumaré. Segundo a PM, o suspeito estaria no interior do veículo e, assim que avistou os policiais, saiu do carro e correu com um comparsa. O suspeito teria pulado os muros de várias residências e entrado em uma casa, onde estavam uma mulher e uma criança. Elas correram para a rua e a Polícia Militar teria entrado no imóvel. O suspeito teria então atirado na direção dos policiais, que revidaram, atingindo-o com três tiros.
Posteriormente, o suspeito foi identificado como sendo Hernandes Rosa dos Santos, de 31 anos. O acusado era investigado por seu suposto envolvimento em seis ocorrências policiais anteriores, sendo três casos de roubo, dois de porte de arma de uso restrito e um de receptação.
De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais faziam patrulhamento pelos bairros Alto de Rebouças e Jardim Dall’Orto quando um morador teria acenado para a equipe. Ele informou que havia visto um rapaz usando camiseta azul sair de um veículo Hyundai Elantra, de cor prata, e mexer na cintura – fazendo- -o acreditar que o tal rapaz estaria com uma arma.
Os policiais intensificaram o patrulhamento pelas proximidades e localizaram um suspeito que tinha as mesmas características informadas anteriormente pelo solicitante. Assim que percebeu a aproximação dos policiais, o rapaz fugiu pulando muros de residências. Os PMs teriam informado que ele teria entrado em uma casa na Rua Otávio Toralli, no Alto de Rebouças, e corrido segurando uma arma de fogo.
le teria então atirado em direção aos policiais, que revidaram. Os policiais verificaram em seguida que o rapaz ainda estava com vida e chegaram a acionar o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas dos Santos não resistiu. Com o suspeito, os policiais encontraram um revólver calibre 38 com a numeração raspada e seis munições no tambor, sendo três deflagradas e outras três intactas.
Várias equipes da PM preservaram o local até a chegada dos peritos do IC (Instituto de Criminalística) de Americana. O delegado Yan Loui Adania de Queiroz e seus investigadores acompanharam os trabalhos. O corpo do rapaz foi encaminhado posteriormente ao IML (Instituto Médico Legal) de Americana, para realização de exame necroscópico para confirmar a causa da morte.
Segundo a Polícia Civil, as placas do veículo usado pelos suspeitos pertenciam a outro carro, um Honda Civic registrado em Jaguariúna. O veículo foi apreendido e levado ao Pátio do Meskan, onde seria periciado para confirmar a sua procedência. O caso foi registrado no 3º Distrito Policial como homicídio decorrente de oposição à intervenção policial e tentativa de homicídio. As armas usadas pelos policiais também foram apreendidas para realização de perícia, como é de praxe em casos assim.

Veja Também

Dois suspeitos de roubo são abordados pela GCM

O servente Petterson Santos de Oliveira Souza, de 19 anos, foi preso, e um adolescente ...