Em Brasília, concessionárias apontam ‘interesse’ no Trem Intercidades de SP

Deputado Vanderlei Macris aponta “convergência” entre concessionárias e governos para que o TIC se torne realidade

Na audiência da Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados realizada na terça-feira (11) em Brasília sobre o projeto do TIC (Trem Intercidades de Passageiros) paulista, diretores da Rumo Logística Operadora Multimodal S.A. e da MRS Logística S.A. confirmaram o interesse em colaborar com o projeto e com a nova concessão para o compartilhamento dos trilhos.
O diretor Regulatório e Institucional da Rumo, Guilherme Penin, e o diretor de Relações Institucionais da MRS, Gustavo Bambini, disseram que as empresas “estão colaborando com o projeto e que realizaram estudos de viabilidade”. Segundo Penin, o trecho São Paulo-Campinas poderá ter seis linhas, mas, para chegar a Americana, serão necessárias MAIS alterações. “De Campinas em adiante precisamos de nova infraestrutura”, apontou.
Bambini lembrou também que, após a diminuição da utilização dos trens ao longo das últimas décadas, “a ferrovia foi abraçada pelas cidades”, mas um projeto de Engenharia com a participação da MRS “pode sanar o problema”. “Somos parte da solução desse conflito”, declarou.
Autor do pedido de audiência, o deputado federal Vanderlei Macris (PSDB-SP) destacou que o interesse das empresas concessionárias aconteceu após a aprovação da Medida Provisória nº 752 pelo Congresso. A proposta tratou da prorrogação e relicitação dos contratos de parceria nos setores rodoviário, ferroviário e aeroportuário, e foi sancionada no ano passado na forma da Lei Federal nº 13.448. O diretor da MRS concordou com a observação, dizendo que a empresa só tinha mais oitos anos de concessão. “A partir de agora as coisas ficam mais fáceis”, afirmou Macris.

LIMEIRA
Além disso, o diretor da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), Sergio de Assis Lobo, defendeu a extensão do primeiro trajeto, que originalmente ligaria a capital até Americana (passando por Campinas, Hortolândia, Sumaré e Nova Odessa), até a cidade de Limeira. Esta foi a primeira vez que a Agência defendeu publicamente o prolongamento da “linha” prioritária do TIC até Limeira, que havia pedido sua “inclusão” na retomada do transporte ferroviário de passageiros no ano passado, quando as negociações estão buscando a viabilização do projeto “esquentaram”.

COMEMORA
Macris comemorou o resultado do encontro, que contou também com a presença do atual secretário do PPI (Programa de Parcerias e Investimentos) da Presidência da República, Tarcísio Gomes de Freitas – já anunciado como o futuro ministro da Infraestrutura do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL/RJ).
“Agora temos a segurança de dizer que há uma convergência para que o TIC se torne realidade. Tivemos aqui representantes da Rumo, da RMS (ambas empresas concessionárias que administram trecho da linha férrea que liga a região à capital) e da ANTT, e todos se posicionaram favoravelmente a que os estudos sejam avançados agora, com os novos governos Federal e Estadual, que isso possa tramitar com mais rapidez”, afirmou o tucano.
Macris lembrou também que “existe um estudo em andamento por uma empresa alemã, que está levantando os dados de projeto para que o Trem seja implementado o mais rápido possível”. Ele refere-se ao Consórcio Pró-TL, composto por cinco empresas e liderado pela DB Internacional Brasil Ltda, subsidiária do grupo Deutsche Bahn, contratado em fevereiro de 2018 para a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade da Macrometrópole Paulista voltado à implantação do Trem Intercidades.
“De parte das empresas concessionárias, também há interesse que isso seja feito com rapidez, assim como da parte do Governo Federal, através da ANTT. O governador eleito João Dória (PSDB) já me disse claramente que o Trem Intercidades é uma prioridade, assim como o secretário de Transportes Metropolitanos que vai assumir em janeiro. Portanto há essa grande convergência que nós, como parlamentares, através da Comissão de Viação e Transportes, podemos contribuir e auxiliar para que o TIC seja implementado em nosso Estado”, completou Macris.

Veja Também

Câmara de Sumaré apresenta mais 3 estudantes do Parlamento Jovem

A cada final de semana, de 04 de novembro a 16 de dezembro, três dos ...