48º BPM/I de Sumaré comemora 14 anos de atuação nas cidades da região

Batalhão de Sumaré também recebeu a classificação em grau bronze no 16º Prêmio Polícia Militar pela Qualidade

O 48º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior) de Sumaré comemorou seus 14 anos de atividades na região durante a solenidade de Valorização Policial Militar, realizada na terça-feira (04), no Espaço Velmont, em Nova Odessa. O Batalhão que está instalado em Sumaré e atende os municípios de Nova Odessa, Monte Mor e Hortolândia, também recebeu a classificação em grau bronze no 16º Prêmio Polícia Militar pela Qualidade, que faz um reconhecimento das gestões das corporações em todo Estado.
O comandante do 48º BPM/ I, tenente-coronel Carlos Eduardo Fanti, destacou que o trabalho realizado ao longo dos anos foi com muito esforço e dedicação de muitos policiais. Nestes 14 anos de atividade, ele considerou que a criação do Canil, instalado e inaugurado em 2018, e a reinauguração da 2ª Companhia, que ocorreu em 2017, foram marcadas como conquistas do batalhão. “Tivemos muitas conquistas ao longo dos anos. Atualmente temos o mínimo de vagas abertas. Realizamos um belo trabalho. No entanto, ainda temos uma grande quantidade de escoltas que são realizadas e que de certa forma oneram uma parcela considerável de nosso efetivo que poderia estar na rua”, afirmou o comandante.

GRAU BRONZE
O 48º BPM/I conseguiu um resultado de destaque na pontuação do 16º Prêmio Polícia Militar pela Qualidade, por meio do troféu em grau bronze, o qual foi entregue durante uma solenidade realizada em São Paulo, na última sexta-feira (30).
Os policiais que fazem parte do batalhão de Sumaré foram analisados em questões como gestão, pessoal, atendimento, crime organizacional, processos internos de administração, agilidade e estrutura, que aborda, por exemplo, a manutenção das viaturas, além da saúde física e psicológica do policial.
O CPI-9 (Comando de Policiamento do Interior) de Piracicaba foi a única entre todas as unidades do Estado de São Paulo a receber a maior pontuação.
O comandante do CPI-9, coronel Érico Hammerschmidt destacou que o prêmio não é resultado de um trabalho individual, mas exigiu o envolvimento de muitos policiais por quatro anos. “Esse prêmio é uma conquista enorme, pois o CPI-9 foi o único a receber o troféu ouro, entre as demais 116 unidades do Estado. É uma responsabilidade muito grande, pois esse resultado nos coloca como referência no Estado para as demais unidades”, disse o comandante.
O CPI-9 envolve 52 municípios da região, divididos em batalhões, entre eles está o 48º.

HOMENAGENS
O cabo da Polícia Militar Edvaldo Henrique Leite foi um dos homenageados durante a solenidade de “Valorização Policial Militar”. Após 25 anos de trabalho dedicados à corporação, na terça-feira (04), foi o último dia em que ele vestiu sua farda. Ele fazia parte da 1ª Companhia do 48º. Ainda emocionado com a honraria, o cabo afirmou que ainda não sabe o que vai fazer daqui para frente.
“Estou preparado para viver essa minha nova fase, mas ainda não decidi o que irei fazer”, comentou Leite, como é conhecido pelos colegas de farda.
Alguns policiais que se sobressaíam no cumprimento do trabalho foram agraciados pelas entregas das “Láureas de Mérito Pessoal”, em 5º grau. Receberam a honraria, os policiais da 1ª Companhia: soldados Vinícius, Souza, Utielison, Tiago da Silva, Aline Dias e Adelino Rocha. Da 2ª Companhia: Soldados Gonçalves, Toledo, Maycon Martins, Bill Jader Silva. Da 3ª Companhia: Soldados Oliveira, Rafael, Tauan. Da 4ª Companhia: Soldados Diogo e Igor. Da Força Tática: Cabo Rojanio e soldados Luis Silva e Eliziel.
Quanto às homenagens em 4º grau foram os soldados Benício, Schieri, Smanioto (2ª Companhia), Cabo Ventura (Força Tática/Escolta) e cabo Ronaldo. Em 3º grau foram o cabo Pinheiro (1ª Companhia), cabo Clésio (2ª Companhia). Da Força Tática: sargento Bessa e os cabos Mendes, Torres e Piovezan, além do tenente Leme e cabo Miranda. Já em 2º grau, receberam a honraria, os sargentos Salles e Carneiro, além do cabo Luis. Em 1º grau foi agraciado o cabo Casari.
Os policiais que foram homenageados como ocorrência de destaque no mês de novembro foram os PMs: os sargentos (Bessa e Carneiro), cabos (Paulo Cesar e Cuba) e os soldados (Gaioto, Lucas Henrique e Praxades). No dia 22 de novembro de 2018, eles apreenderam submetralhadoras, centenas de munições e mais de 4 kg de drogas após a abordagem de um veículo Renault Logan, no Centro de Sumaré. Já o policial do mês em novembro foi o cabo Góis.

Veja Também

Operação do MP ‘fecha o cerco’ contra o PCC e o tráfico de drogas na região

Mandado de prisão foi cumprido em Hortolândia, mas suspeito permanecia foragido; ações foram realizadas também ...