Willian Souza questiona BRK após a morte de rapaz na Represa do Horto

Vereador de Sumaré também teve aprovada Moção de Congratulações às equipes da Guarda Civil e dos Bombeiros que atuaram nas buscas

O vereador Willian Souza (PT) teve aprovado na sessão da Câmara da última terça-feira, 06 de novembro, o Requerimento nº 179/18, no qual ele pede informações da empresa concessionária dos serviços municipais de Água e Esgoto, a BRK Ambiental, sobre a morte do ajudante de serralheiro Willian Ricardo dos Santos da Rocha, de 23 anos, na Represa do Horto Florestal, na última sexta-feira (02). Rocha morreu afogado e seu corpo só foi localizado e retirado do manancial de abastecimento, onde é proibido nadar, apenas na manhã do domingo, dia 04, pelo Corpo de Bombeiros Municipal.
“Foi constatado pelo parlamentar que o local se encontra em completo estado de abandono, com evidências da falta de manutenção e sem a presença de qualquer controle que impeça o acesso de banhistas ao manancial”, apontou a Câmara em nota divulgada na quarta-feira (07).
O vereador também questiona, no documento, “se a empresa não está realizando a conservação necessária na represa, se estão havendo medidas para evitar o acesso de banhistas nos mananciais e ainda se existe algum projeto para o isolamento da área a fim de evitar o acesso de pessoas na extensão do reservatório”.
Segundo o boletim de ocorrência, por volta das 17h30 da última sexta-feira, Rocha estava na represa junto com dois amigos. A vítima teria tentado atravessar a represa a nado quando os dois amigos, que permaneceram na margem, perceberam que Rocha gritava por socorro, depois afundou e retornou à superfície algumas vezes. Ambos mergulharam para tentar salvar o amigo, mas não conseguiram.
O Corpo de Bombeiros Municipal iniciou as buscas logo em seguida, prosseguiu até o anoitecer da última sexta-feira e retomou ao longo do sábado e da manhã de domingo, quando o corpo da vítima finalmente foi localizado pelos bombeiros às 9h28, após emergir. Conhecido da família da vítima, Souza acompanhou todo o trabalho. Como o corpo até ao IML (Instituto Médico Legal) de Americana, onde foi realizado o exame necroscópico. Posteriormente, foi divulgado que Rocha teria tido uma congestão.

OUTRO LADO
Em nota, a BRK Ambiental informou ontem que “todos os pontos das represas que estão sob responsabilidade da concessionária – que são as áreas onde são realizadas as captações de água bruta – são isoladas e sinalizadas, justamente para restringir o acesso ao local”.
De fato, na época da concessão, a Administração Municipal informou que as represas (duas do Horto e do Marcelo) não seriam “repassadas” à gestão da concessionária como os demais ativos físicos do antigo DAE (Departamento de Água e Esgoto), permanecendo sob responsabilidade direta da própria Prefeitura.

Veja Também

Quem vai ao Litoral deve se vacinar contra febre amarela, alerta Saúde

Doses gratuitas são ofertadas em postos de vacinação e devem ser tomadas dez dias antes ...