Reeducando é flagrado com 51 porções de maconha no estômago no Complexo

Detento de 20 anos passava pela revista com a utilização do escâner corporal ao retornar para o Centro de Progressão Penitenciária

O detento C.G.M., de 20 anos, foi flagrado com 51 porções de maconha, com 246 gramas no total, dentro do estômago, após passar pela revista com a utilização do escâner corporal. Ele retornava ao CPP (Centro de Progressão Penitenciária) de Hortolândia na tarde de terça-feira (06), após realizar serviços externos. De acordo com o boletim de ocorrência, o próprio preso teria vomitado os entorpecentes.
Posteriormente, C. foi encaminhado ao Plantão Policial da cidade, onde foi autuado novamente em flagrante sob acusação de tráfico de drogas. A direção da unidade também vai instaurar o procedimento de investigação disciplinar em desfavor do reeducando, para apurar as circunstâncias do fato, e será solicitada, junto à Vara das Execuções Criminais de Campinas, a regressão de regime semiaberto do mesmo para o regime fechado.

O CASO
Por volta das 16h30 da terça, o preso foi submetido à revista corporal no aparelho de escâner no interior do presídio, onde foi constatada, através das imagens, a presença de “objetos estranhos” dentro do seu estômago. De acordo com os funcionários da unidade prisional, ele retornava do trabalho externo em uma empresa.
O acusado teria confessado que engoliu as porções de drogas enquanto estava em horário de trabalho e expeliu os itens logo depois, pela via oral, espontaneamente – sempre de acordo com o boletim de ocorrência. Posteriormente, ele passou por uma nova revista corporal no escâner, mas não foi constado mais nenhum objeto estranho em seu estômago.
As substâncias foram apreendidas e encaminhados à Delegacia de Hortolândia, onde foi registrado um boletim de ocorrência em flagrante. Em seguida, o preso foi encaminhado para a Cadeia de Sumaré, onde ficou até ser apresentado ao Poder Judiciário para a realização da audiência de custódia.

OUTRO CASO
No último dia 05 de setembro, outro ressocializando foi surpreendido pelos agentes de segurança penitenciária com 29 porções de maconha, com 115 gramas no total, dentro do estômago, após passar pela revista com a utilização do escâner corporal. Ele retornava do trabalho externo e cumpria pena na mesma unidade. O preso foi encaminhado para uma sala reservada, onde teria confessado que engoliu as porções de drogas, de acordo com os agentes da unidade.

Veja Também

Bandidos furtam fios e deixam Escola Municipal do Novo Ângulo ‘no escuro’

Meliantes invadiram Emef Salvador Zacharias Pereira Junior na madrugada de segunda-feira; Prefeitura providencia conserto Bandidos ...