Projeto que cria o selo de Empresa Amiga do Aprendiz é aprovado durante sessão

A 32ª sessão ordinária da Câmara Municipal de Sumaré, na terça-feira (17), contou com a aprovação do Projeto de Lei nº 168/18, de autoria do prefeito Luiz Alfredo Dalben (PPS), que cria em Sumaré o “Selo Empresa Amiga do Aprendiz” para destacar a iniciativa das empresas que participam da Rede Social do Aprendiz e acredita na causa da aprendizagem como provedora de oportunidades de melhoria da qualidade de vida dos jovens sumareenses.
O projeto propõe que seja realizada anualmente, no dia 19 de dezembro, a entrega dos Selos. Na justificativa do projeto, o prefeito destaca que ao contratar um aprendiz, a empresa assume o papel de agente transformador, fomentando a formação de jovens que saibam fazer novas leituras de mundo, tomar decisões, intervir de forma positiva na sociedade, enfim viver sua cidadania de forma plena com seus direitos e deveres.
Sendo assim, os contemplados com o Selo de Empresa Amiga do Aprendiz poderão estampá-lo nas dependências de seu(s) estabelecimento(s) ou nas embalagens e material de divulgação de seus produtos e serviços.

VACINAÇÃO
Também foram discutidos e adiados os Projetos de Lei nº 120/18, do vereador Dr. Sérgio Rosa (PDT), que propõe o atendimento em domicílio para vacinação de pessoas portadoras de doenças degenerativas e com deficiências motoras com profundas dificuldades de locomoção, e o Projeto de Lei nº 153/18, do vereador Ronaldo Mendes (PSDB), que tem o objetivo de proibir o uso da buzina por composições ferroviárias que trafegam pelo perímetro urbano de Sumaré entre os horários das 22h às 6h.

Veja Também

Quem vai ao Litoral deve se vacinar contra febre amarela, alerta Saúde

Doses gratuitas são ofertadas em postos de vacinação e devem ser tomadas dez dias antes ...