PF cumpre em Hortolândia mandado de busca da Operação ‘Salvo Conduto’

Ação também foi realizada em São Paulo, Jundiaí e Distrito Federal; mandados foram todos expedidos a pedido da PF pela Justiça Federal

A Polícia Federal defl agrou na manhã de quarta-feira (10) a Operação “Salvo Conduto” contra a lavagem de dinheiro, que supostamente teria o envolvimento do vice-presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Mang, conhecido como Teodorin – que seria inclusive proprietário de uma cobertura duplex de mais de 1.000 metros quadrados localizada nos Jardins, área nobre de São Paulo. Foram cumpridos 7 mandados de busca e apreensão nas cidades de São Paulo, Hortolândia, Jundiaí e Distrito Federal, todos expedidos a pedido da PF pela 6ª Vara Criminal da Justiça Federal em São Paulo
De acordo com a PF, a Justiça Federal também bloqueou seis carros de Teodoro Obiang – uma Lamborghini, uma Maserati, um Porsche, uma Mercedes-Benz, um Ford Fusion e uma Hyundai Santa Fé.
A apuração está sendo realizada por 35 policiais federais que atuam diretamente na operação, que investiga fatos referentes a dois inquéritos policiais reunidos em setembro deste ano, por tratarem de fatos envolvendo o mesmo investigado, condenado na França por adquirir propriedades com dinheiro público desviado de seu país de origem, na África, e investigado nos EUA, dentre outros crimes, por lavagem de dinheiro e desvio de recursos públicos.
O primeiro inquérito policial foi instaurado em março de 2018, depois do envio de informações do Ministério Público Federal, no mês anterior, para que a PF iniciasse investigação para apurar o crime de lavagem de dinheiro em razão dos indícios de ocultação de propriedade relacionada à compra, em 2008, de um apartamento duplex localizado nos Jardins, em São Paulo. O imóvel foi adquirido, na época, por R$ 15 milhões. As investigações apontam que o imóvel, adquirido por uma empresa com capital social de R$ 10 mil, pertenceria ao investigado.

VIRACOPOS
O segundo inquérito policial foi instaurado no dia 20 de setembro deste ano, após a apreensão realizada em 14 de setembro pela Receita Federal, no Aeroporto de Viracopos, em Campinas, de 1,4 milhão de dólares, R$ 60 mil em espécie, além de 20 relógios de pulso, avaliados por aquela instituição em torno de 15 milhões de dólares. Os bens foram trazidos do exterior sem a declaração de bens e valores obrigatória. A Polícia Federal considera que o montante apreendido seria usado no esquema.
Ainda segundo a PF, são apurados dois atos de lavagem de dinheiro, o primeiro relativo à aquisição, por meio de interposta pessoa, de um apartamento de luxo e o segundo relacionado à ocultação de movimentação de bens e valores ao entrar no Brasil. As investigações prosseguem com a colheita de depoimentos, análise do material apreendido e pedido de cooperação jurídica internacional, para esclarecer a participação de todos os envolvidos. O crime de lavagem de dinheiro tem penas que variam de 3 a 10 anos de reclusão.

OUTRAS ACUSAÇÕES
Teodoro Obiang já foi investigado pelos Estados Unidos em outros países da Europa por lavagem de dinheiro, abuso de confiança e corrupção. Ele chegou a ser condenado pelas mesmas acusações por um tribunal da França, em 2017. A Polícia Federal brasileira deve fazer um pedido de cooperação internacional com o objetivo de apurar se ele estaria usando o dinheiro supostamente ilícito para aquisições de propriedades no Brasil.

Veja Também

Rapaz é preso por tráfico de drogas nas Chácaras Reymar

A Polícia Militar prendeu o desempregado L.A.S., de 23 anos, após uma abordagem nas Chácaras ...