Monte Mor alerta sobre as medidas de prevenção contra os escorpiões

Vigilância em Saúde da Prefeitura reforça importância de medidas para prevenir acidentes com os aracnídeos peçonhentos

O Departamento de Vigilância em Saúde da Prefeitura de Monte Mor alerta à população sobre a importância de adoção de medidas para prevenir acidentes com escorpiões, animais que gostam de viver em lugares escuros e úmidos, como lixo, frestas de muros, entulho, madeiras, restos de material de construção e terrenos baldios. Neste segundo semestre do ano, já foram registrados 58 chamados envolvendo o aracnídeo.
A diretora de Vigilância em Saúde, Elaine Aparecida Panzzani Silva, afirma que geralmente os acidentes ocorrem quando as pessoas entram em contato com os locais onde os escorpiões estão escondidos, como frestas nas paredes, ralos, sapatos, roupas e toalhas. “O controle mais eficaz é a adoção por parte da população de medidas que eliminem a possibilidade de alimento e abrigo. É importante cuidar da área externa e interna de cada imóvel”, salientou.
Há 1.600 espécies de escorpião no mundo, mas em Monte Mor predominantemente são encontradas duas delas: a T. serrulatus (escorpião amarelo) e a T. bahiensis (escorpião preto). Ambas são venenosas, sendo que a ocorrência do escorpião amarelo é maior. A falta de predadores e a facilidade de adaptação ao meio urbano também facilitam a proliferação do animal. Os escorpiões são animais terrestres, de hábitos noturnos e carnívoros – alimentam-se principalmente de baratas. “É importante que os moradores se conscientizem e mantenham seus quintais limpos, sem entulhos. O mesmo procedimento deve ser adotado do lado externo da casa, por isso, é importante que os terrenos baldios também estejam limpos, uma vez que não há dedetização para esse tipo de animal”, destacou Elaine.

PREVENÇÃO
O local deve ser lavado apenas com água e sabão. A área atingida não deve receber nenhum tipo de creme ou pomada, apenas o médico pode indicar o tratamento adequado. A vítima deve ser encaminhada para atendimento na Unidade de Saúde da Família mais próxima ou no Hospital Beneficente Sagrado Coração de Jesus, onde receberá medicamento e encaminhado para transferência sempre que for necessário.
Entre os cuidados orientados, estão: examine calçados, roupas e toalhas antes de usá- -los; elimine frestas nas paredes, muros, pisos, tetos, janelas e portas; conserve camas e berços afastados da parede. Evite que lençóis e cobertas toquem o chão; proteja as soleiras das portas com borradas ou rolos de areia; elimine baratas – elas são o alimento preferido do escorpião; mantenha limpas e vedadas caixas de gordura, de esgoto e de rede elétrica e de telefonia; o lixo deve ser colocado em recipientes fechados; use telas ou mantenha fechados os ralos de pias, chão, tanques e banheiros; terrenos baldios devem ser mantidos constantemente limpos. Denúncias de irregularidades podem ser encaminhadas ao Centro de Zoonoses, pelo telefone (19) 3879-1130.

Veja Também

Perugini é condenado à perda do cargo por contrato de limpeza datado de 2009

Prefeito, dois ex-assessores e nove pessoas da O.O.Lima também terão que ressarcir os cofres públicos ...