Escola promove atividade integrativa para alunos com maiores dificuldades

Para os alunos surdos que têm maior dificuldade com o conteúdo trabalhado em sala de aula, a escola promove, uma vez por semana, uma atividade integrativa onde todos se reúnem com a professora de Educação Especial, designada para promover atendimento especial, exclusivo em Libras.
“Os alunos têm orientações pedagógicas para corrigir eventuais defasagens e podem interagir de forma mais espontânea”, destaca a diretora da escola, que explica que o processo de avaliação do aluno surdo é diferenciado. “A avaliação leva em conta a evolução da criança”, afirmou a professora Andria Damares Silva.
Mas tirar boas notas não é problema para o Matheus. Ela conta que ele é muito bom aluno e que gosta de estudar. Entre as atividades preferidas na escola, está pintar e comer a merenda. Sobre os amigos, ele diz que gosta de todo mundo e não vê diferença entre quem é surdo e ouvinte porque “todos brigam igual e brincam igual”. No futuro, adivinha o que o Matheus quer ser? “Professor, ensinar outras crianças”, mostrou o aluno em Libras. Inspirador.

Veja Também

Alunos preparam apresentações da 23ª Feira Científico-Cultural do Objetivo

Turmas do Médio apresentam neste sábado dezenas de experimentos com base nas disciplinas de Biologia, ...