Sumaré inicia Projeto ‘Ver e Viver’, que identifica problemas de visão em alunos

A Prefeitura de Sumaré, em parceria com a empresa BMB e fundação ArcelorMittal, inicia neste sábado, dia 6 de setembro, o projeto ‘Ver e Viver’, que visa detectar e tratar problemas visuais em alunos do 1º ao 5º no Ensino Fundamental da Rede Municipal de Educação, oferecendo óculos gratuitamente. Ao longo do dia, 113 alunos da EM Maria Antônia, já identificados com necessidades de usar óculos, passarão por uma consulta com Oftalmologista, no Ambulatório Médico de Especialidades.
Professores da Rede Municipal de Ensino foram capacitados por um profissional especializado para aplicar na escola testes de acuidade visual, identificando os alunos que apresentaram dificuldades para enxergar. Os estudantes serão encaminhados para a consulta com o especialista e, os que realmente precisarem de óculos receberão, gratuitamente, os óculos fornecidos pela empresa. O transporte dos alunos até o Ambulatório será feito pela Prefeitura, com acompanhamento dos professores.
“A dificuldade de enxergar influencia diretamente no rendimento escolar e recreação. O ‘Ver e Viver’ é um projeto de extrema importância para detectar precocemente problemas visuais, permitindo o tratamento antecipado. Além disso, muitos alunos não sabem que apresentam necessidades ou não possuem condições de adquirir um óculos. Com a parceria com a BMB e ArcelorMittal, conseguiremos evitar que uma possível alteração na visão facilmente detectável na infância fique mais grave e prejudique a vida do estudante, reduzindo dificuldades de aprendizado e socialização”, comentou o prefeito Luiz Alfredo Dalben (PPS).
Em breve, novos alunos da Rede Municipal de Educação passarão pelos testes de acuidade visual e consultas com oftalmologistas.

Veja Também

Prefeitura de Hortolândia abre licitação para a reforma do Hospital Municipal

A previsão é que a licitação seja concluída na 1ª semana de janeiro e a ...