55 doam sangue ao Hemocentro da Unicamp em ação da AD Hortolândia

“Blitz do Amor” organizado pelo grupo “Jovens Marcados pela Graça” ajudou a aumentar os estoques do banco de sangue

Na manhã do último sábado (1º de setembro), a igreja evangélica Assembleia de Deus do Ministério do Belém em Hortolândia mobilizou mais de 55 jovens da cidade para uma ação de doação de sangue ao Hemocentro do Hospital das Clinicas da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), que atende a dezenas de hospitais da região. Os jovens participantes, que são de diferentes bairros de Hortolândia, foram levados ao Hemocentro em um ônibus fretado e puderam doar sangue e ajudar a aumentar o estoque da unidade.
O evento denominado “Blitz do Amor” foi organizado pelos próprios jovens da denominação e tem o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue e incentivar o maior número de pessoas a se tornarem doadores.
“A doação de sangue é mais um importante projeto social que a igreja a desenvolve na cidade.” A informação é do coordenador da ação e líder geral do grupo “Jovens Marcados pela Graça” da Assembleia de Deus, presbítero Elizeu Ferreira. “Solicitamos a parceria com o Hemocentro para trazer os doadores e tivemos um atendimento incrível”, disse. O coordenador ainda ressalta que “a doação foi um sucesso, foi um momento muito especial de comunhão e cidadania”.
Damaris D’amico é estudante e participou com a caravana para fazer a sua primeira doação de sangue. “Estou ansiosa pela doação é minha primeira vez, fui encorajada a realizar este ato tão significativo de amor ao próximo”, pontuou.
De acordo com o Hemocentro, campanhas como esta ajudam a equilibrar o estoque da unidade, que neste período do ano costuma ficar baixo. “Nesse período do ano, a demanda aumenta, e surge então a necessidade de mais doações. Essa campanha realizada pela igreja é um alívio para o nosso estoque. Com essas doações de hoje, superaremos a média normal de um sábado”, disse o profissional.
Outro exemplo de solidariedade é o da dona de casa Cleusa Barbosa, que foi com os jovens, seu esposo e seu filho adulto. “Um pouquinho do nosso sangue pode estar ajudando quatro pessoas, não é? Jesus deu tudo, por que não posso dar um pouquinho (ao próximo) doando sangue?”, questionou.

PODE DOAR
O grupo continua a receber inscrições de interessados em participar de uma próxima “excursão” ao HC da Unicamp para doar sangue, ainda este ano. Quem se interessou pela ação pode procurar, além da Assembleia de Deus Hortolândia, qualquer órgão ou banco de sangue da sua cidade para realizar a doação.
“E se você mora na região de Hortolândia, pode contribuir dirigindo-se ao Hemocentro da Unicamp e oferecendo-se como doador. Para doar é preciso levar um documento original de identidade com foto; ter peso superior a 50 quilos; idade entre 16 e 69 anos; não estar em jejum e não ter ingerido alimentos gordurosos nas últimas três horas”, completaram os organizadores da ação.
De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), são realizadas um total de 92 milhões de doações de sangue por ano em todo o mundo. No Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde, 1,9% dos brasileiros doa sangue regularmente. “Doar sangue é um ato muito importante e seguro, e uma única doação de sangue pode salvar até quatro vidas. Jovem: não perca esta oportunidade, seja um ‘salvador de vidas’! #Compartilhe”, divulgou a igreja em suas redes sociais.

Veja Também

Inatividade pode trazer riscos à saúde, alerta Organização Mundial da Saúde

Um quarto de todos os adultos do planeta está “inadequadamente ativo”, aponta relatório da revista ...