Sumaré, Monte Mor e Paulínia têm 13 novos casos do novo coronavírus

Com novas confirmações de Covid-19 em 24h, área do Tribuna Liberal subiu ontem para 393 pacientes positivos para a nova doença

As prefeituras de Sumaré, Monte Mor e Paulínia confirmaram na quinta-feira (21/05) um total de 13 novos casos positivos de contaminação pelo novo coronavírus, elevando o total de pacientes com a doença para 393 na área de cobertura do Jornal Tribuna Liberal desde o início da pandemia. Foram seis novos pacientes informados pela Prefeitura de Sumaré (que alcançou 141 casos positivos) , cinco pela de Monte Mor (que foi a 27) e dois pela de Paulínia (que alcançou 78 confirmações).
“Hoje (ontem) foi o dia com o maior número de novos infectados na cidade. Foram 18 novas notificações (de casos em potencial) e 5 novos casos positivos”, indicou a Prefeitura de Monte Mor.
Assim, a microrregião manteve-se ontem com 23 óbitos positivos pela doença (a morte mais recente foi registrada em 19 de maio, Hortolândia), além de subir para 465 pacientes considerados “suspeitos” (ou seja, aguardando resultados de exames laboratoriais), 266 curados e seis óbitos também suspeitos ainda em investigação.

NOVA ODESSA
Seis em cada dez pessoas infectadas por Covid-19 em Nova Odessa têm entre 31 e 50 anos de idade, segundo levantamento divulgado nesta quinta-feira (21) pela Secretaria de Saúde. Os idosos (acima de 60 anos) estão na segunda faixa etária mais afetada pelo novo coronavírus na cidade, com 20,8% dos casos registrados entre 4 de abril e 20 de maio. O município contabiliza 24 contaminados, entre eles dois mortos.
Dos 24 infectados na cidade, 15 deles (62,5%) estão na faixa etária de 31 a 50 anos. Integrantes de um dos grupos de risco mais suscetíveis ao agravamento da doença, os idosos respondem por cinco registros de Covid-19 (20,8%). Um deles – que acometeu um homem de 76 anos que morava em uma casa de repouso – resultou em morte. Jovens com até 30 anos representam 12,5% dos infectados.
No recorte geográfico, o Centro aparece como principal ponto de concentração de infectados. Cinco dos 24 contaminados (20,8%) moram nessa região. Os infectados estão distribuídos em outros 14 bairros: são três no Bela Vista, dois no São Manoel e no Monte das Oliveiras e um caso nos bairros Dona Maria Azenha, Fadel, Imigrantes, Marajoara, Maria Helena, Santa Luiza, Santa Rita, São Jorge, Terra Nova, Triunfo e Vila Azenha.
As mulheres são maioria entre os contaminados, com 14 casos registrados (58,3%). Todas elas residem no Centro da cidade. São dez homens infectados pelo novo coronavírus, dois deles (um idoso e outro com comorbidades) não resistiram ao agravamento da doença.
Além de 24 casos confirmados, Nova Odessa aguarda resultado de exames de oito pacientes com suspeita da doença, incluindo um óbito. A Secretaria de Saúde também está acompanhando remotamente 38 pacientes com gripe. Desde o início da pandemia, dez pacientes foram curados e 34 casos já foram descartados.

ESTADO E PAÍS
O número de óbitos pelo novo coronavírus no Estado de São Paulo chegou ontem a 5.558 casos. Nas últimas 24 horas, foram registradas mais 195 mortes no território paulista. São 73.739 casos confirmados de Covid-19 no Estado. O vírus continua se espalhando para o interior, litoral e Grande São Paulo, já atingindo 493 municípios, dos quais 226 já possuem um ou mais óbitos pela doença.
Ontem, havia também 10,6 mil pacientes internados em SP, sendo 4.224 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 6.467 em enfermaria. A taxa de ocupação dos leitos de UTI reservados para atendimento a Covid-19 é de 73 % no Estado de São Paulo e 89,6% na Grande São Paulo. Já ocorreram 14.669 altas de pacientes que tiveram confirmação de Covid-19 e foram assistidos em hospitais de SP.
Segundo o Ministério da Saúde, até ontem à noite, o Brasil chegou a 310.087 casos de Covid-19, o terceiro país com mais casos da nova doença, e 20.047 óbitos, em sexto lugar no mundo.

Feriado de 09 de julho é antecipado para 2ª-feira em Hortolândia
Para tentar alcançar um índice de isolamento social de 70% no município, e com isso conter a disseminação do novo coronavírus, a Prefeitura de Hortolândia informou ontem que vai antecipar o feriado de 09 de julho, Dia da Revolução Constitucionalista, para a próxima segunda-feira (25/05). A adoção da medida segue a decisão do Governo do Estado (a antecipação do feriado em todo o Estado de São Paulo seria votada ontem à noite pela Assembleia Legislativa).
De acordo com a Administração Municipal hortolandense, “a antecipação somente do feriado de 09 de julho visa não sacrificar ainda mais o Comércio da cidade, que já tem dado uma importante contribuição para fortalecer o isolamento social”.
“A Administração solicita para que a população faça sua parte e fi que em casa. Por meio deste esforço coletivo, a comunidade ajudará o município a alcançar o índice de 70% de isolamento social. A partir daí, será possível a Administração iniciar o plano de flexibilização das restrições”, completou a Prefeitura.
O SIMI-SP (Sistema de Monitoramento Inteligente) do Governo de São Paulo mostra que o percentual de isolamento social no Estado como um todo foi de 49% na última quarta-feira (20/05), dado mais recente disponível. Em Hortolândia, no mesmo dia, esse índice era de apenas 44%.

Sexta-feira, 22 de Maio de 2020

Veja Também

Rompimentos de redes e adutora afetam abastecimento em 3 regiões de Sumaré

Apenas na quarta-feira, foram dois incidentes em tubulações de água tratada, afetando 5 bairros de ...