PM prende um suspeito de receptação de carga de alimentos em Hortolândia

Polícia recuperou as mercadorias avaliadas em aproximadamente R$ 15 mil, que estavam na oficina do suspeito, no Parque São Jorge

A Polícia Militar recuperou uma carga de gêneros alimentícios avaliada em aproximadamente R$ 15 mil, localizada em uma oficina no Parque São Jorge, em Hortolândia, na manhã da quarta-feira (25/03). Um mecânico de 37 anos foi preso no local. De acordo com a corporação, o homem não foi reconhecido como um dos envolvidos no roubo, que ocorreu no mesmo dia, no Real Park, em Sumaré. Ele foi conduzido até a Delegacia de Hortolândia, onde foi autuado em flagrante sob acusação de receptação pelo delegado Luis Antonio Loureiro Nista. Foi arbitrada fiança no valor de R$ 15 mil, mas como o suspeito não providenciou o pagamento, foi levado à Cadeia de Sumaré, onde ficou até ser apresentado em audiência de custódia no Fórum hortolandense.
Por volta das 6h30 de ontem, policiais foram avisados sobre um roubo de carga que tinha acabado de acontecer no Real Park, próximo à empresa Jetta Transportadora. Três assaltantes, armados com revólveres, renderam o motorista e um ajudante. Os suspeitos fugiram com o caminhão e as vítimas foram abandonadas no local do roubo.
Minutos depois do assalto, os PMs descobriram, por meio do sinal de GPS do veículo que vinha sendo monitorado, a indicação de que o caminhão estaria em Hortolândia. Inicialmente, o sistema mostrou a primeira localização perto de uma oficina, no Jardim São Jorge, em Hortolândia.
Os PMs confirmaram que não tinha ninguém no local, mas encontraram várias caixas das mercadorias e uma cédula de identidade do mecânico. Os policiais conseguiram localizar então a residência do mecânico, onde encontraram mais caixas de mercadorias.
Assim que percebeu a aproximação dos policiais, ele correu, mas foi alcançado ainda no quintal de sua moradia. Junto à carga localizada na casa do suspeito, havia diversas notas fiscais. Ele alegou aos policiais que não havia praticado o roubo e afirmou que “um colega” teria deixado as cargas com as mercadorias em sua casa.
De acordo com a PM, o mecânico não foi reconhecido pelas vítimas como um dos envolvidos no roubo. “As vítimas alegaram que o mecânico não esteve na cena do roubo em momento algum e o mesmo seria bem diferente dos roubadores”, registrou a Polícia. Levado ao Plantão Policial, o suspeito foi conduzido à Cadeia Pública após prestar depoimento.

Quinta-feira, 26 de Março de 2020

Veja Também

Guarda Civil prende acusado de vários roubos em Nova Odessa

Rapaz de 18 anos foi preso após bater carro em fuga em uma árvore; comparsa ...