Polícia prende em Sumaré e Monte Mor 3 acusados de roubos a postos

Entre os presos, está um rapaz que era funcionário do posto e atuava na escolta de dinheiro do estabelecimento, e avisava os comparsas

A Polícia Civil desencadeou na manhã da segunda-feira (23/03) a “Operação Benvindo”, que prendeu suspeitos de roubar mais de R$ 13 mil de postos de combustíveis de Piracicaba, em agosto de 2019. Dois irmãos foram presos em Sumaré. Um deles, que era funcionário de um dos estabelecimentos e o responsável em fazer as escoltas de valores, avisava os comparsas sobre a movimentação de dinheiro. Outro suspeito, um primo da dupla, foi abordado em Monte Mor.
Com os três suspeitos presos, foram apreendidos um revólver calibre 38, uma caixa de munição calibre 38, celular, motocicleta, camisa listrada, tênis e R$ 2.950,00 em dinheiro. A ação foi realizada pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais), com apoio da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) e GOE (Grupo de Operações Especiais de Polícia), todos de Piracicaba. Os três suspeitos foram encaminhados para a sede da DIG e responderão pelas acusações de roubo e posse ilegal de arma e munições. Eles ficaram na carceragem anexa ao 1º Distrito Policial de Piracicaba, onde permaneceram até serem apresentados às respectivas audiências de custódia.
Por volta das 6h30 da segunda-feira, policiais foram até as residências de três suspeitos em roubo em um posto de combustíveis em Piracicaba, em agosto de 2019. Os policiais da DIG apuraram que os suspeitos utilizaram de arma de fogo e subtraíram aproximadamente R$ 13.000,00 em dinheiro. Os investigadores constataram que os três indivíduos são da mesma família, sendo dois irmãos da cidade de Sumaré e um primo destes, residente na cidade de Monte Mor.
Durante as investigações, comprovou-se que um dos irmãos era funcionário de uma rede de postos de combustíveis, sendo também o responsável pela recolha dos malotes, sabendo assim exatamente o dia e valores a serem recolhidos das unidades, tendo então passado tais informações para seu irmão e primo, os quais, utilizando de uma motocicleta Honda de cor verde e um revólver calibre 38, renderam os funcionários do posto e efetuaram roubo, subtraindo a quantia acima mencionada.
Após representação junto ao Poder Judiciário, foi decretada a prisão temporária pelo período de 30 dias dos três envolvidos, bem como mandado de busca e apreensão em quatro locais – três em Sumaré e um em Monte Mor.
Durante cumprimento das ordens, a equipe da Dise prendeu um rapaz, em Monte Mor, que usaria uma arma de fogo no dia do roubo. Em sua residência, foi localizado ainda um revólver calibre 38, uma caixa de munição do mesmo calibre, R$ 2.950,00 em espécie, um celular roubado de um dos frentistas, bem como tênis e camisa que o referido indivíduo utilizava no dia do crime.
Simultaneamente, equipes da DIG e GOE, abordaram dois irmãos, que residiam em Sumaré e localizaram a motocicleta utilizada no roubo.
Realizada pesquisa do revólver apreendido em posse de um dos autores, constatou-se que este encontra-se registrado em nome de um agente penitenciário, porém inexistindo qualquer boletim de ocorrência de furto ou roubo da referida arma. A operação foi batizada de “Benvindo” tendo em vista esse ser o nome do posto de combustíveis alvo dos criminosos.

Terça-feira, 24 de Março de 2020

Veja Também

Guarda Civil prende acusado de vários roubos em Nova Odessa

Rapaz de 18 anos foi preso após bater carro em fuga em uma árvore; comparsa ...