Hortolândia volta a gerar vagas e renda com novas empresas, destaca Prefeitura

Administração estima que, neste ano, deverão ser criados cerca de 650 empregos por empresas em fase de instalação na cidade

Hortolândia continua a mostrar sinais de retomada do crescimento econômico. Novas empresas chegam à cidade e empreendimentos que já estão no município investem na ampliação dos seus negócios. A Prefeitura estima que, neste ano, deverão ser criados cerca de 650 empregos por empresas em fase de instalação na cidade. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, estas novas oportunidades de emprego são de empresas dos setores de tecnologia, embalagem e atacado.
A conquista de novas empresas para a cidade, com geração de emprego e renda, é uma das prioridades da Prefeitura por meio do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), que realiza obras e serviços por meio de parcerias com a iniciativa privada, Governos Estadual e Federal.
O objetivo é incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. Dentre as novas empresas que chegam à cidade estão Odata (tecnologia), Embalixo (fabricante de embalagens) e Assaí Atacadista (comércio atacadista).
Para atrair novas empresas, a Prefeitura oferece benefícios por meio do Proemph (Programa Municipal de Incentivo Empresarial de Hortolândia). “A Prefeitura atende e acompanha a instalação dos novos investimentos, do início ao fim, garantindo que tudo ocorra dentro do prazo planejado pelas empresas. Ao oferecer incentivos fiscais, intermediação de mão de obra qualificada, vantagem logística, monitoramento da emissão de licenças municipais e estaduais, alvará de construção, entre outras necessidades, a cidade é destaque na região”, afirma a secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, Monique Freschet.

LOGÍSTICA
Hortolândia também oferece boa localização, perto das principais rodovias do Estado (Bandeirantes e Anhanguera) e do aeroporto de Viracopos. Além disso, a cidade tem quase 100% de esgoto coletado e tratado, 98% das vias com asfalto, 100% de abastecimento de água, conta com hospitais, parques socioambientais, escolas, universidades, biblioteca, bares, hotéis e restaurantes, garantindo qualidade de vida a seus habitantes.
O trabalho que a Prefeitura tem realizado para atrair novas empresas tem dado resultado. De acordo com Monique, nos últimos três anos (2017 a 2019), a Prefeitura atraiu investimentos de mais de 10 empresas, totalizando 1.446 empregos diretos. “Com a conclusão das obras do PIC, teremos uma infraestrutura ainda melhor para oferecer aos investidores, garantindo mais emprego e renda para a cidade”, observa a secretária.
Entre as obras previstas pelo PIC estão: abertura de novas ruas, avenidas e construção de pontes para facilitar o deslocamento dentro da cidade, implantação de lâmpadas de LED em todas as ruas da cidade, cinco novos parques ambientais, ampliação do número de câmeras de videomonitoramento para garantir mais segurança, reforma do hospital municipal, dentre outras.
As perspectivas para o próximo ano também são positivas com o início de funcionamento de novas empresas no município, entre elas a Biomin, que atua no segmento de nutrição animal. Ainda de acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, “novas empresas estão chegando e vão gerar mais emprego e renda”.
Monique salienta também que a Prefeitura trabalha para garantir que as empresas já instaladas na cidade façam mais investimentos. De acordo com a estimativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, estas empresas devem criar, neste ano, cerca de 650 novos empregos em decorrência da ampliação de suas estruturas, outro sinal da retomada do desenvolvimento econômico da cidade. Já para 2021, a estimativa é que as empresas instaladas na cidade criem 220 vagas de emprego por meio da ampliação dos empreendimentos.

Sexta-feira, 28 de Fevereiro de 2020

Veja Também

Moradores doam 560 kg de alimentos a famílias circenses paradas em Sumaré

Trupe do Circo Portugal não pode se apresentar desde o último dia 24; campanha foi ...