10º Baep prende suspeito de roubo a casal de empresários em Hortolândia

Suspeito foi localizado em sua residência, no Jardim Auxiliadora, também em Hortolândia; roubo aconteceu no último dia 04/02

Policiais militares do 10º Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia), que atua em toda a região, prenderam um dos suspeitos de participar do roubo à residência de um casal de empresários que ocorreu na Vila Real Continuação, em Hortolândia, no último dia 04 de fevereiro, uma terça-feira. Os PMs conseguiram identificar o endereço de um dos envolvidos, que fica no Jardim Auxiliadora, também em Hortolândia. Na tarde da última terça-feira (dia 11 de fevereiro), os policiais foram até a casa do suspeito, onde ele foi encontrado.
No interior do imóvel, os PMs teriam encontrado uma pistola calibre 22, que teria sido usada durante o assalto à casa das vítimas. Ele foi conduzido à Delegacia do Município, onde ele foi autuado em flagrante sob acusação de porte ilegal de arma de fogo e segue sendo investigado pelo suposto envolvimento no roubo. O homem ficou na Cadeia de Sumaré até ser apresentado à audiência de custódia.
Segundo o Baep, os policiais foram informados sobre a localização de um dos envolvidos no roubo a residência de um casal de empresários de Hortolândia. Os policiais foram até o endereço apurado e localizaram o portão aberto. Assim que o suspeito avistou a aproximação dos PMs, ele tentou fugir pelos fundos da residência. Ele chegou a saltar um muro, mas foi alcançado e abordado.
O acusado portava uma pistola com três munições. Ele teria confessado a participação no roubo e teria indicado a residência, onde poderia estar um de seus comparsas. Os policiais foram ao local informado, mas a casa estava vazia. O outro suspeito não foi localizado.
De acordo com os PMs, o suspeito foi reconhecido por testemunhas do assalto aos empresários. O homem prestou depoimento ao delegado Luis Antonio Loureiro Nista e depois foi encaminhado à Cadeia de Sumaré, onde ficou à disposição da Justiça.

O ROUBO
Na noite do dia 04 de fevereiro, três assaltantes invadiram a residência do casal de empresários, na Vila Real Continuação, em Hortolândia. Durante o roubo, as vítimas foram obrigadas a ficar deitadas com os rostos no chão e tiveram as mãos amarradas. O assalto durou cerca de 20 minutos. Os suspeitos portariam duas armas longas, e uma réplica de pistola. Durante todo o assalto, eles foram agressivos e apontaram as armas nas cabeças das vítimas.
Os suspeitos fugiram com o Honda City da família, mas o aplicativo do celular levado do empresário mostrou o trajeto de fuga dos acusados e a Polícia Militar foi acionada. Dois suspeitos, que estariam com o carro da vítima, foram localizados no mesmo bairro. Um deles conseguiu sair do carro e fugiu após subir nos telhados das residências nas imediações. Um adolescente de 17 anos, que estava no veículo, assumiu sua participação no assalto e levou os policiais até uma residência no bairro, onde estariam os pertences das vítimas. O menor foi conduzido ao Plantão Policial e depois levado para uma cela anexa à Cadeia de Sumaré, onde ficou até ser apresentado à Vara da Infância e Juventude.
No interior da casa apontada pelo adolescente, os policiais teriam localizado uma espingarda calibre 20, municiada com um cartucho intacto, um simulacro de pistola, bem como os pertences das vítimas.
O menor foi levado ao Plantão Policial, onde foi reconhecido por testemunhas como um dos envolvidos no assalto. Ele portaria a réplica de pistola durante a ação criminosa. Ele estaria usando uma blusa e um relógio roubado do empresário. O adolescente ficou custodiado provisoriamente até a sua apresentação à Vara da Infância e Juventude para acompanhamento do caso. Os pertences foram devolvidos às vítimas.

Quarta-feira, 12 de Fevereiro de 2020

Veja Também

Monte Mor investe em Educação e na Saúde acima do mínimo exigido

Índice de aplicação do total das receitas do Município na Educação foi de 27,26% e ...