Sebrae Aqui de Sumaré realizou 2.275 atendimentos ao longo do ano passado

Somente de janeiro a maio do ano passado, o Sebrae Aqui Sumaré havia ampliado em mais de 50% o suporte aos empreendedores

A unidade de Sumaré do Sebrae Aqui fechou o ano de 2019 com chave de ouro, ultrapassando a meta inicial que era de 1.711 atendimentos. Ao todo, foram 2.275 serviços. Desses, 57% são pessoas físicas, ou seja, futuros empreendedores; e 43% pessoas jurídicas – empresários em busca da capacitação e mais crescimento no município. Somente de janeiro a maio do ano passado, o Sebrae Aqui Sumaré havia ampliado em mais de 50% o suporte aos empreendedores do município, em comparação a todo o ano anterior.
Em 2018, foram realizados 826 atendimentos, e 1.247 nos primeiros cinco meses do ano. Com o resultado, a unidade sumareense tornou-se a segunda com maior quantidade de atendimentos e serviços da região, ficando atrás apenas de Campinas.
“O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e os demais serviços ofertados ao empresário de Sumaré são de grande valia para fortalecer a rede empreendedora do nosso município, proporcionando um ambiente favorável para a abertura e crescimento de micro e pequenas empresas, além de contribuir com a economia local e a geração de emprego e renda. Nosso intuito é estimular o empreendedorismo e dar todo o suporte necessário para que micro e pequenos empresários tenham sucesso em seus negócios”, destacou o prefeito Luiz Alfredo Dalben (PPS).
Foram diversas ações no ano de 2019 que fizeram com que o Sebrae Aqui de Sumaré alcançasse esses números, entre elas, Cursos, Oficinas, Palestras e alguns projetos segmentados, como a parceria com a Casa Brasil e a Faculdade Anhanguera. Para se ter uma ideia, em outubro – quando se comemora o Mês do Empreendedor – a Prefeitura de Sumaré, por intermédio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, em parceria com o Sebrae Aqui, realizou várias atividades de capacitação para os empresários: de caravana à Feira do Empreendedor em São Paulo a Oficina de Startup. O sumareense contou também no segundo semestre com a unidade do Sebrae Móvel, que ficou estacionada durante o dia 08 de novembro na região do Jardim Picerno. “São números positivos, com uma média de 7 a 8 atendimentos por dia, o que ultrapassou o intento do Sebrae regional”, explicou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Cláudio Padovani.
Para este ano, a programação gratuita está “recheada” de novidades. Estão previstos vários projetos, além de oficinas de Formalização, Empreendedorismo, Planejamento Financeiro, Marketing, Inovação e cursos como o “Super MEI” e “Atendimento ao Cliente”. O Agronegócio ganhará destaque no segmento dos Pesqueiros e dos Assentamentos em olericultura (hortaliças, legumes e verduras).
Outro projeto que “promete” é o Varejo de Sucesso, cujo foco é o fortalecimento dos comércios da cidade. O Sebrae Aqui Sumaré reserva ainda um trabalho especial com a temática ‘Acessibilidade para todos’, com palestras de conscientização e sensibilização, etc.
“Estamos no caminho certo e temos certeza que 2020 será um ano promissor para os empresários e empreendedores de Sumaré”, finalizou o chefe do Executivo. A novidade fica por conta do Programa “Jovens Empreendedores – Primeiros Passos”, que prevê a capacitação do Sebrae aos professores do 1º ao 9º ano da rede pública municipal.

Quinta-feira, 16 de Janeiro de 2020

Veja Também

Alunos do Estado perdem direito a transporte e vereador aciona o MP

Direção de Ensino confirma que 160 estudantes que moram a 2 km ou mais da ...