Prazo para ‘adoção’ de cartas ao Papai Noel dos Correios termina nesta sexta

Uma das campanhas de solidariedade mais aguardadas do ano, o Papai Noel dos Correios, comemora 30 anos em 2019

Termina nesta sexta-feira, dia 13 de dezembro, o prazo para os padrinhos da região “adotarem” uma das centenas de cartinhas de crianças carentes com pedidos de presentes de Natal enviadas aos Correios. Uma das campanhas de solidariedade mais aguardadas do ano, o Papai Noel dos Correios, comemora 30 anos em 2019. Em 2018, foram adotadas cerca de dois terços das mais de 3,4 mil cartinhas recebidas nas cidades de Sumaré, Hortolândia, Monte Mor, Nova Odessa e Paulínia, beneficiando mais de 2,1 mil crianças da microrregião. Os Correios não informam mais quantas cartinhas foram recebidas, mas, até ontem, 1.260 já haviam sido adotadas nestas cinco cidades.
Durante a campanha, os Correios receberam as cartinhas de crianças que enviaram seus pedidos diretamente ao Papai Noel, e também de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do Ensino Fundamental) e de instituições parceiras, tais como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. Desde 2010, os Correios estabeleceram essas parcerias com as Secretarias de Educação, a fim de trabalhar ações como o desenvolvimento da habilidade da redação de carta, o endereçamento correto e o uso do CEP.
Ao longo dessas três décadas, a campanha conseguiu atender ao pedido de mais de 6 milhões de cartinhas – muitas delas com histórias emocionantes de solidariedade. Essa corrente do bem une esforços de empresa, empregados e voluntários da sociedade para atender, dentro do possível, aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.
A campanha Papai Noel dos Correios nasceu pela iniciativa de alguns empregados que, durante a rotina de trabalho, recebiam cartinhas escritas por crianças destinadas ao Papai Noel, mas sem endereço. Sensibilizados, alguns deles resolveram adotar as cartinhas e enviar os primeiros presentes. Com o passar do tempo, a ação foi ganhando proporção na empresa e acabou se transformando em um projeto corporativo dos Correios.

FUNCIONAMENTO
A adoção pelos padrinhos é feita da mesma maneira em todo o Brasil: as cartinhas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. Em seguida, são disponibilizadas nas agências dos Correios participantes da campanha. Os Correios não distribuem cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. As cartinhas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados no blog da campanha. E para que a empresa possa acompanhar as adoções e as entregas dos presentes, os padrinhos devem cadastrar o CPF ou CNPJ.
Os presentes são recebidos na mesma agência onde a cartinha foi retirada. Posteriormente, os Correios realizam a distribuição no próprio fluxo postal da unidade. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança nunca é divulgado ou informado ao padrinho.
No interior de São Paulo, as cartinhas foram recebidas entre os dias 07 de novembro e 06 de dezembro. A adoção das cartinhas pelos padrinhos pode ser feita até este dia 13, assim como a entrega dos presentes dos padrinhos nos Correios.
As datas, locais e horários da Campanha Papai Noel dos Correios 2019 podem variar em cada Estado. Todas as informações sobre esta corrente de solidariedade podem ser obtidas no blog, no endereço http://blog.correios.com.br/papainoeldoscorreios, que estará disponível a partir do lançamento da campanha.

Sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019

Veja Também

Rede Municipal de Sumaré vai oferecer aulas de empreendedorismo do Sebrae

Prefeito Luiz Dalben assinou convênio com Sebrae-SP para oferecer aulas de empreendedorismo na Rede Municipal ...