Quadrilha invade revenda de carros e rende quatro vítimas em Sumaré

Polícia conseguiu prender um dos assaltantes e libertou vítimas, que estavam com as mãos presas por lacres plásticos; outros suspeitos conseguiram fugir

Cinco assaltantes invadiram a revenda Do Valle Veículos, no Parque Manoel de Vasconcellos, em Sumaré, na manhã de sexta-feira, 29 de novembro, e fizeram quatro vítimas reféns, entre proprietários e funcionários. As pessoas abordadas tiveram as mãos presas com lacres plásticos. Um dos suspeitos, que estava no escritório com os reféns, foi preso pela Polícia Militar. As vítimas foram libertadas pela PM. Com o suspeito identificado como sendo o autônomo Sidney Antonio da Silva, de 21 anos, os policiais teriam localizado uma pistola e os lacres plásticos. Ele foi levado ao 2º Distrito Policial, onde foi autuado em flagrante sob acusações de roubo e concurso de pessoas e depois levado à Cadeia de Sumaré, onde ficou até ser apresentado em audiência de custódia.
O roubo ocorreu por volta das 9h30 de ontem. Cinco homens, que usavam blusas de moletom, entraram no estacionamento e rendeu um dos funcionários. Em seguida, o bando entrou no escritório e obrigou que as vítimas se sentassem ao chão. Um dos criminosos que usava capuz e estava com o rosto coberto prendeu as mãos dos reféns com um lacre plástico. Em seguida, todos foram obrigados a se encostar na parede do escritório. Eles permaneceram com um dos assaltantes, enquanto os outros pegaram as chaves de quatro caminhonetes nos modelos Toyota Hilux e Ford Ranger. Os suspeitos fugiram com os veículos e deixaram para trás Silva, que permanecia com as vítimas.
A Polícia Militar foi acionada sobre o roubo pelo Copom (Centro de Operações da Polícia) da PM da revenda. Assim que chegaram ao estabelecimento, perceberam que o pátio estava vazio. Os policiais se abaixaram e passaram a se aproximar do escritório que tinha portas e janelas de vidro.
Assim que percebeu a aproximação dos PMs, o assaltante jogou sua pistola e deitou- -se próximo às vítimas. Os policiais entraram no escritório, fizeram a abordagem ao acusado e depois libertou os reféns. Todos saíram ilesos.
Os policiais apreenderam um GM Cruze, que teria sido usado pelos assaltantes para chegaram até a revenda. Os policiais perceberam que o veículo tinha placas falsas. Eles fizeram uma pesquisa e confirmaram que o carro foi roubado recentemente em Campinas.
Silva teria informado aos policiais, que foi convidado por um conhecido, que reside em Monte Mor, para participar de um assalto como forma de pagamento de uma dívida.
Os policiais conseguiram localizar uma das caminhonetes (a Hilux), que foi abandonada na Rua Luciano Pereira, no Jardim Santo Antonio, em Sumaré. Até o fechamento desta edição, os outros assaltantes não foram localizados.
Os demais veículos levados pelo grupo também não foram localizados. O caso está sendo apurado pelos policiais civis do 2º Distrito Policial.

Sábado, 30 de Novembro de 2019

Veja Também

PL aprovado dá segurança a clientes e empresas prestadoras de serviços

Proposto por Dudú Lima, projeto obriga empresas a enviar a identificação e notificação dos funcionários ...