PM fecha ‘refinaria’ de drogas no Jardim Dom Bosco 1º, em Sumaré

Duas pessoas foram presas acusadas de tráfico de drogas, associação criminosa e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito

A Polícia Militar fechou uma refinaria que funcionava em uma casa, no Jardim Dom Bosco 1º, na região do Matão, em Sumaré, na noite da última quinta-feira, 28 de novembro. De acordo com a corporação, foram apreendidos 56 kg de cocaína e crack, além de substâncias e éter, que seriam usados na mistura da droga. No local, os policiais também teriam localizado uma prensa hidráulica, bem como 197 munições de calibres nove milímetros, ponto 45, 38, 28, 380 e 12. Dois homens (genro e sogro) foram presos acusados de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.
Por volta das 10h30 da quinta-feira, policiais militares da Força Tática foram checar uma denúncia anônima que apontava que o morador de uma residência teria armas em casa e também negociaria entorpecentes dentro de seu imóvel. Assim que chegaram ao local informado, um suspeito que estaria nas imediações correu em direção a um matagal e fugiu.
Os policiais seguiram até a casa do suspeito que fica na mesma rua, onde teriam localizado o pedreiro F.F.F., de 34 anos, e seu sogro, o motorista A.S.N., de 57 anos. De acordo com a PM, o motorista teria informado aos policiais que guardava armas no local. Ele teria indicado um guarda-roupa, onde tinha uma pistola calibre 45,carabina, revólver calibre 38 e R$ 70 em dinheiro, notas que aparentavam ser falsas, conforme informou a corporação.
Os policiais seguiram até a moradia de A. que fica nas imediações, onde teriam encontrado mais uma pistola calibre nove milímetros, carregadores, tabletes de cocaína e R$ 1.000,00. Na garagem da casa, os policiais teriam encontrado mais porções de cocaína e crack, que ainda estavam a granel, produtos químicos para preparo da droga, balança de precisão, prensa hidráulica, e adesivos usados para marcar as drogas. Questionado sobre o entorpecente, o motorista disse que não lhe pertencia, mas não relatou quem seria o responsável pelo entorpecente.
Os dois suspeitos (sogro e genro) foram encaminhados ao Plantão Policial, onde prestaram depoimento ao delegado Marco Antonio Braga Rodrigues, e depois foram encaminhados à Cadeia de Sumaré, onde ficaram à disposição da Justiça.

Sábado, 30 de Novembro de 2019

Veja Também

Adolescentes de 14 e 15 anos são aliciadas para o tráfico de drogas

Menores foram apreendidas em abordagem da GCM no Jardim Amanda, em Hortolândia; rapaz de 19 ...