Atividades do Novembro Azul orientam sobre saúde do homem em Hortolândia

Programação preparada pela Prefeitura visa levar mais conhecimento sobre a doença à população do sexo masculino

Neste mês, toda a sociedade se mobiliza pela Campanha Novembro Azul de prevenção ao câncer de próstata. Em Hortolândia, a Prefeitura também aderiu à ação e iluminou a Ponte da Esperança (ou “Estaiada”) de azul. Ao longo do mês, uma programação diversa levará mais conhecimento sobre a doença à população. As atividades começaram na quinta-feira (07/11), com palestra na UBS Santa Clara. Confira a programação no quadro.
A Secretaria de Saúde de Hortolândia oferece os exames de ultrassom de próstata e de sangue (PSA, ou Antígeno Prostático Específico), que auxiliam no diagnóstico precoce. Para isso, o paciente deve ser consultado por um clínico geral na UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de casa, profissional que pode iniciar os exames necessários, como toque retal, e dar o encaminhamento para o especialista. A prevenção ao câncer de próstata é um importante aliado da saúde: cerca de 90% dos casos descobertos precocemente têm cura.
A próstata é uma glândula que só o homem possui e se localiza na parte baixa do abdômen, abaixo da bexiga e à frente do reto. O órgão envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada. O câncer de próstata não dá sinais expressivos: é uma doença silenciosa.
De acordo com a Secretaria de Saúde, a partir dos 50 anos de idade, todos os homens devem realizar exames preventivos contra o câncer de próstata, como acontece com as mulheres em relação ao câncer de mama. O principal exame é o toque retal. Por meio desta análise clínica, o médico pode suspeitar de câncer na próstata e indicar outros exames que confirmem ou descartem a doença.
“O toque retal pode ser realizado no consultório do clínico geral. Por isso, os pacientes que têm alguma suspeita devem procurar a unidade de saúde mais próxima de casa, uma vez que o generalista inicia o processo de diagnóstico na própria consulta”, destacou a secretária Interina de Saúde, Mary Guimar Almeida Rocha. Casos suspeitos de câncer de próstata são encaminhados para urologistas do Centro de Especialidades Médicas, médicos que solicitam o ultrassom e o PSA.
De acordo com informações da Secretaria de Saúde, todos os meses a Prefeitura realiza cerca de 650 exames PSA. O Antígeno Prostático Específico é uma enzima produzida pelas células da próstata. A alta concentração no sangue pode indicar alterações na próstata, como Prostatite, hipertrofia benigna da próstata ou câncer de próstata, por exemplo. Por isso, o exame é complementar, e não diagnóstico. Pacientes que recebem o pedido deste exame nas Unidades de Saúde de Hortolândia são atendidos em cerca de 30 dias.
Já o ultrassom de próstata é mais específico no diagnóstico da doença, em conjunto com os exames complementares. A média mensal de pedidos atendidos pela Secretaria de Saúde é de cerca de 30 exames. Pedidos solicitados pelos médicos são agendados para atendimento do paciente em dois meses.
Além dos exames preventivos, é importante manter hábitos saudáveis. A prática de exercícios físicos regulares e uma alimentação balanceada, além de evitar o câncer, garantem mais qualidade de vida.

Sexta-feira, 8 de Novembro de 2019

Veja Também

Câmara realiza audiência pública sobre regulamentação de moto táxi em Sumaré

Willian Souza espera debater com a população o Projeto de Lei que cria normas para ...