Polícia Militar prende ‘contadora’ e ‘gerente’ do tráfico no Matão

A Polícia Militar estourou uma “central” de distribuição de drogas que funcionava em uma residência no Jardim Santa Terezinha, na região do Matão, em Sumaré, na última sexta-feira (04/10). Foram apreendidas 1.140 porções de maconha, crack e cocaína, no total de 1,2 quilo de entorpecentes. Três acusados de envolvimento com o tráfico de drogas foram presos em flagrante no local. A autônoma D.S.M., de 40 anos, faria a “contabilidade” do tráfico, o pintor G.W.T.S., de 25 anos, seria o responsável pela distribuição das drogas nos pontos de venda (“biqueiras”), e o servente H.W.M.R., de 30 anos, auxiliaria na venda dos entorpecentes, segundo a Polícia Militar.
Todos foram encaminhados ao Plantão Policial, onde foram autuados em flagrante sob acusações de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Posteriormente, os homens foram levados à Cadeia de Sumaré e a mulher, à Cadeia Feminina de Monte Mor, onde ficaram até serem apresentados no Fórum sumareense para as respectivas audiências de custódia.
Segundo o boletim de ocorrência do flagrante, por volta das 19h de sexta-feira, os policiais faziam patrulhamento de rotina quando decidiram abordar duas pessoas que ocupavam um veículo Citröen C3 próximo a um conhecido ponto de venda de drogas no bairro. No interior do carro, os policiais teriam encontrado seis “kits” de maconha e crack, com 68 porções no total. De acordo com os policiais, o pintor (que dirigia o carro) teria afirmado que seria o “gerente da biqueira” e que eles estavam indo “distribuir” drogas em vários pontos de venda. Ele teria relatado que o restante da droga estaria em uma residência que fica no mesmo bairro.
Os policiais seguiram ao endereço informado, onde localizaram a autônoma. Ela teria mostrado aos policiais um armário onde o grupo guardava o restante dos entorpecentes. A mulher confirmou que ser a responsável pela “contabilidade” do tráfico. Além das drogas, os policiais também localizaram anotações, possivelmente com a “contabilidade” do tráfico no local. Os suspeitos foram levados ao Plantão Policial, onde prestaram depoimento ao delegado Marcelo Moreschi Ribeiro, e depois levados para unidades prisionais da região.

Terça-feira, 8 de Outubro de 2019

Veja Também

Homem morre em confronto com a Polícia em Hortolândia

Acusado de roubo, Mateus da Silva Brito, de 22 anos, morreu ao se envolver em ...