Alunos da Escola Educativa de Sumaré são recebidos com festa após a AIMO

Estudantes voltaram sexta-feira ao Brasil após participar da Olimpíada Internacional de Matemática da Ásia, em Taiwan

Os onze alunos do Ensino Fundamental 2 e do Ensino Médio da Escola Integrada Educativa de Sumaré que viajaram para a disputa da AIMO (Asia Internacional Mathematical Olympiad, ou Olimpíada Internacional de Matemática da Ásia) 2019, realizada entre os dias 04 e 08 de agosto na cidade de Taipei, em Taiwan, foram recebidos com festa na última sexta-feira (09/08) à tarde, no Aeroporto de Guarulhos, ao retornarem para casa – inclusive os quatro medalhistas da instituição.
Chegando em Sumaré, um pouco mais tarde, o diretor da instituição de Ensino, Gilson Faé, preparou um show de fogos de artifícios e um jantar especial para os alunos, familiares e funcionários que aguardavam para parabenizar e receber os estudantes.
Os 11 alunos com idades entre 13 e 17 anos – Raphaela Moreno Grandizoli, Vitor Seiki Uehara, Vinicius Hideki Ueta Camargo, Lucas Marques Mendonça, Bruno Ferreira Brischi, João Pedro Rodrigues Paulino, Theo Henrique Ferreira Silva, Márcio Kenji Uehara, Eduardo Felipe Marques Araújo, Juliana Harumi Sedrani Kobayashi e Felipe Mitsunori Uehara. Todos haviam se classificado para a competição internacional graças às medalhas obtidas na etapa nacional da OIMSF (Olimpíada Internacional de Matemática Sem Fronteiras), cuja prova foi realizada em 05 de abril deste ano.
Os medalhistas foram os estudantes Juliana Harumi Sedrani Kobayashi (prata na modalidade SS, ou “sênior”), Eduardo Felipe Marques Araújo (prata na SS), Felipe Mitsunori Uehara (bronze na SS) e Lucas Marques Mendonça (bronze na modalidade S3, para alunos do 9º ano do Fundamental 2).
“Uma nova etapa da vida de vocês iniciou hoje. Parabéns aos nossos alunos que tão brilhantemente enfrentaram todas as adversidades para estarem aqui hoje. Vocês são exemplos de jovens esforçados e talentosos. Obrigada por representarem o nome da Escola Integrada Educativa em uma competição de nível internacional”, postou a Escola Educativa ontem em suas redes sociais.
Os alunos participam do Projeto EducaGênios, criado pela Escola Educativa exatamente para promover a preparação dos alunos para as grandes olimpíadas nacionais e internacionais de diversas áreas do conhecimento, além da preparação para as universidades.

A ESCOLA
A Escola Integrada Educativa tem 33 anos, é considerada a instituição de Ensino privada mais tradicional de Sumaré e atende anualmente cerca de 1.200 alunos da Educação Infantil ao Ensino Médio. Sua história começou em 12 de março de 1986, em uma casa na Rua Santos Dumont, perto do Fórum municipal. Naquela época, chamava-se Tom e Jerry e atendia 100 alunos da Educação Infantil (1 a 6 anos). Com o crescimento da demanda, foi necessário ser acomodada em um local maior e, em 1997, a instituição mudou- -se para a Rua Paschoal Marmirolli, no Parque Ongaro.
Em 2002, já renomada como Escola Integrada Educativa, passou a oferecer o Ensino Fundamental. Com o objetivo de ampliar o atendimento, transferiu-se para o prédio onde está hoje, na Rua Dom Barreto, nº 336, Centro, em outubro de 2003. Após construir um novo bloco na lateral leste do terreno, a Escola também passou a fornecer o Ensino Médio. A primeira turma iniciou os estudos em 2014 e se formou em dezembro de 2016.
Mais informações sobre a Escola Integrada Educativa de Sumaré podem ser obtidas em http://www.educativanet.com.br/ e em https://www.facebook.com/escolaintegradaeducativa/.

Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019

Veja Também

Luiz Dalben assina a transferência de lotes para mais de 500 proprietários

Prefeito de Sumaré assinou nesta semana escrituras para moradores que adquiriram lotes por meio de ...