GCM prende 2 acusados de atirar em idoso após roubo a residência

Dois acusados de atirar nas costas de um aposentado de 63 anos foram presos na noite de segunda-feira (17), após saírem de um matagal, no Jardim Consteca, em Sumaré. Segundo a GCM (Guarda Civil Municipal), os suspeitos tinham acabado de entrar no veículo de um motorista de aplicativo, quando foram abordados. Com eles, os guardas teriam apreendido um revólver usado no roubo, bem como duas alianças de ouro, R$ 135 em dinheiro, relógio de pulso e dois celulares que teriam sido levados da casa da vítima.
Os acusados foram identificados como sendo os ajudantes gerais Rafael de Barros, de 27 anos, e Maycon Alaff Brito, de 26 anos. Eles foram autuados em flagrante e irão responder por tentativa de latrocínio. Os acusados permaneceram presos até serem encaminhados às respectivas audiências de custódia. O aposentado continua internado no Hospital Estadual Dr. Leandro Franceschini, mas não corre risco de morte.
Segundo o boletim de ocorrência, no início da noite de segunda-feira, os assaltantes teriam se aproveitado que o portão da casa da família estava aberto. O aposentado limpava o carro na garagem, quando foi abordado pela dupla.
Ele foi obrigado a abrir a porta da casa e os suspeitos entraram na residência e pegaram alguns objetos de valor, como uma quantia em dinheiro e alianças. Durante a ação criminosa, as netas do aposentado estavam brincando no quintal. Ele teria tentado impedir que os assaltantes abrissem a porta dos fundos, que dá acesso ao local, onde as crianças estavam e acabou sendo baleado nas costas.
Ambos correram em direção e os familiares avisaram a GCM. Os agentes teriam flagrado os homens saindo de um matagal e entraram no veículo de um motorista de aplicativo. Ambos foram abordados.
O motorista do aplicativo informou que foi acionado para fazer uma corrida e assim que ambos entraram no veículo, achou que seria assaltado. Ele também foi levado ao Plantão Policial, onde prestou depoimento e foi liberado em seguida.

Quarta-feira, 19 de Junho de 2019

Veja Também

Ex-guarda civil de Sumaré é preso por manter coreano em cárcere privado

Vítima mandou mensagem e localização por celular para amigo informando que foi proibido de sair ...