Câmara aprova criação de selo para quem colabora com limpeza pública

Proposta do “Selo Cidade Limpa Cidade Linda” foi apresentada pelo vereador Ronaldo Mendes e aprovada por unanimidade

A Câmara Municipal de Sumaré aprovou o Projeto de Lei que cria o “Selo Cidade Limpa Cidade Linda”. Pela proposta, que agora segue para apreciação do prefeito Luiz Alfredo Dalben (PPS), cidadãos e empresas que colaborarem com a limpeza, manutenção e revitalização urbana de Sumaré poderão receber o selo. A proposta assinada pelo vereador Ronaldo Mendes (PSDB) foi aprovada por unanimidade, recebendo 20 votos favoráveis, durante a sessão ordinária da última terça-feira (07/05).
Originalmente apresentado pelo atual deputado estadual Dirceu Dalben (PR) enquanto ainda era vereador na atual legislatura, o PL nº 29/2018 estabelece que o “Selo Cidade Limpa Cidade Linda” será concedido a pessoas físicas e jurídicas de direito privado, legalmente constituídas, que promoverem ações concentradas de manutenção, limpeza, conservação, reforma, construção e zeladoria urbana.
Embora reconheça a obrigação do Poder Público na prestação dos serviços à comunidade, Ronaldo afirma que alguns serviços podem contar com a participação da iniciativa privada para, em conjunto com a Administração Pública, serem prestados de forma mais eficiente. O vereador reforça que o PL tem o intuito de “homenagear aqueles que, com espírito nobre e empreendedor, promovam ações visando melhorar a qualidade de vida da população, notadamente serviços e obras de caráter público”.
Entre as ações contempladas pelo projeto estão a manutenção de logradouros, a conservação de galerias e pavimentos, a retirada de faixas e cartazes, a limpeza de monumentos, a recuperação de praças e canteiros, a poda de árvores, a manutenção de iluminação pública, o reparo de sinalização de trânsito, a limpeza de pichações, a troca de lixeiras e o reparo de calçadas. Também será considerada ação concentrada de zeladoria urbana a adoção de bens e serviços cuja disponibilização ou execução contribua de maneira efetiva para a limpeza, manutenção e revitalização urbanas.
Os serviços e obras realizados de forma gratuita serão objeto de entendimento com o Poder Público e, após comprovação da execução de forma adequada, será outorgado o selo à empresa responsável. As empresas interessadas em receber o Selo Cidade Limpa Cidade Linda deverão se inscrever no órgão competente da Prefeitura, apresentando os documentos fixados no regulamento e apresentando plano de trabalho no qual constem a descrição dos bens e a previsão do prazo de realização dos serviços, bem como estimativa de gastos com o custeio das ações. A lei deverá ser regulamentada em até 90 dias a partir da data de publicação.

Sábado, 11 de Maio de 2019

Veja Também

Moção da Câmara apoia PL que prevê advogado em audiência de conciliação

Vereadores de Monte Mor aprovaram documento de apoio ao Projeto de Lei nº 80/2018, em ...