17/05/2018 - Cidades - Alenita Ramirez - Operação Polícia Civil contra pedofilia na região de Campinas. Plícia Civil faz megaoperação contra a pedofilia na região de Campinas. Delegacia SHPP. Na imagem: Operação Polícia Civil contra pedofilia na região de Campinas. FOTO; DELEGADO DE PAULÍNIA,RODRIGO GALAZZO Foto: Dominique Torquato aan

Desempregado é acusado de matar o próprio pai a facadas após discussão

Vítima foi atingida com cinco golpes; principal suspeito fugiu após o crime e não foi localizado pela polícia

O ajudante geral Ricardo Ferreira de Carvalho, de 49 anos, foi assassinado com cinco golpes de faca – que atingiram suas costas, a lateral do peito e o tórax – dentro da própria residência, no bairro Saltinho, em Paulínia, na tarde da quinta-feira (08/05). O principal suspeito do crime é o próprio filho da vítima, o desempregado A.S.C., de 18 anos, que teria fugido após o homicídio e não foi localizado pelas polícias até o fechamento desta edição. A faca utilizada no crime foi apreendida pelos peritos do IC (Instituto de Criminalística) de Campinas.
O crime ocorreu às 17h33 de anteontem, na casa da vítima, que fica na Avenida Ferdinando Viacava. A GCM apurou que teria havido uma discussão envolvendo pai e filho no interior da residência da família. O rapaz teria pegado uma faca e atingido o pai com três golpes nas costas, outro na lateral do peito e mais um no tórax. Carvalho chegou a ser socorrido pela unidade Resgate do Corpo de Bombeiros ao Pronto-Socorro do Hospital Municipal de Paulínia, mas morreu enquanto recebia os primeiros atendimentos.
A Guarda preservou a casa da vítima até a chegada dos peritos do IC de Campinas, que realizaram um levantamento sobre as circunstâncias do ocorrido. Os peritos conseguiram localizar a arma branca que teria sido usada pelo suspeito. A faca foi apreendida e também será analisada pelos peritos do Instituto em seus laboratórios.
Somente depois da tentativa de socorro no Hospital Municipal o corpo do desempregado foi levado ao IML (Instituto Médico Legal) de Campinas para a realização de exame necroscópico, antes de ser liberado aos familiares para eles providenciarem o sepultamento.
Segundo o boletim de ocorrência, a esposa da vítima, a desempregada M.S., de 39 anos, informou aos guardas municipais que seu marido e seu filho iniciaram uma discussão dentro de casa, e confirmou também que seu filho pegou uma faca e “esfaqueou várias vezes” seu próprio pai. Ela teria informado ainda que as brigas entre eles eram constantes, mas não detalhou os possíveis motivos para os desentendimentos.

INVESTIGAÇÃO
O boletim de ocorrência sobre o assunto foi registrado pelo delegado Rodrigo Luís Galazzo, que também irá conduzir o inquérito policial sobre o crime junto com sua equipe de investigadores. “Por enquanto, não iremos relatar nenhuma informação sobre o homicídio, para não comprometer os trabalhos”, informou Galazzo.
A esposa da vítima foi procurada pela reportagem, mas afirmou que ainda está muito abalada com tudo o que aconteceu e não tem condições de comentar nada sobre o ocorrido. O sepultamento da vítima está programado para a manhã desta sexta-feira (10), no Cemitério das Palmeiras, em Paulínia.
Quem tiver alguma informação sobre a localização do suspeito pode entrar em contato anonimamente pelo telefone 181, do Disque Denúncia, ou ainda falar diretamente com os policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Delegacia de Paulínia pelo telefone (19) 3874-1411. A delegacia fica na Avenida José Paulino, nº 1.406, no Jardim Nova Paulínia.

Sexta-feira, 10 de Maio de 2019

Veja Também

Chegada do Papai Noel no Shopping ParkCity Sumaré acontece no sábado

Para celebrar uma das datas mais esperadas do ano, o PartkCity Sumaré também será especialmente ...