Polícia Rodoviária identifica dois suspeitos de ataques em rodovia

Comandante do 1º Pelotão da PMRv garantiu também reforço no patrulhamento na vicinal Sumaré Nova Odessa e apoio da PM e GCMs

O 1º Pelotão da 3ª Companhia do 4º BPRv (Batalhão de Polícia Militar Rodoviária do Estado de São Paulo) já identificou ao menos dois suspeitos de serem os autores dos ataques a motoristas que passavam pela Rodovia Walter Manzato (SP-127/304), a vicinal que liga Sumaré a Nova Odessa, no início do mês. A PMRv também garantiu ter reforçado as ações de patrulhamento no trecho. Situado no quilômetro 84,5 da Rodovia dos Bandeirantes, em Campinas, o Pelotão é responsável pelo policiamento ostensivo preventivo nas rodovias estaduais da região.
Segundo relatos que surgiram semana passada em redes sociais, assaltantes estariam jogando pedras e paus em veículos que desaceleram para passar pelas lombadas existentes na vicinal – que liga as avenidas João Argenton, em Sumaré, e Carlos Botelho, em Nova Odessa –, para tentar forçar os motoristas a pararem e assaltá-los. Isto teria acontecido ao menos cinco vezes entre os dias 1º e 03 de maio. Casos com modus operandi semelhantes já aconteceram no passado em rodovias como a SP101 (a Campinas-Monte Mor) e a SP-304 (Americana-Piracicaba), e são comuns em alguns trechos do litoral paulista.
Segundo o 1º tenente PM Nobre, comandante do 1º Pelotão da PMRv, já no último dia 03 de maio foram recebidas informações via WhatsApp referentes aos ataques perpetrados por marginais no acesso SP-127/330, entre as divisas dos municípios de Sumaré e Nova Odessa. “Desde aquele dia, dentro das possibilidades, a Polícia Militar Rodoviária está reforçando o patrulhamento ostensivo no local, e identificamos dois indivíduos como sendo suspeitos de agirem no local”, adiantou o policial.
Segundo o comandante, no entanto, apesar dos contatos realizados por populares com o Pelotão, uma busca nas delegacias das duas cidades não localizou boletins de ocorrências registrados. “Até o momento, não foi localizado nenhum registro de roubo, tentativa de roubo ou outro crime para que pudéssemos ter acesso às características e outras particularidades dos criminosos, para possível reconhecimento”, acrescentou Nobre. Por isso, a orientação da Polícia Militar Rodoviária é para que as vítimas registrem os ataques sofridos nas Delegacias de Polícia Civil, “para subsidiar ações futuras”.

ILUMINAÇÃO
Questionado no início da semana sobre a falta de iluminação em parte do trecho, o DER-SP (Departamento Estadual de Estradas de Rodagem), que administra a vicinal, informou que a “responsabilidade pela implantação e manutenção da iluminação pública nas rodovias estaduais compete às prefeituras municipais, em atendimento ao artigo 30, inciso V, da Constituição Federal”. “Cabe ao DER analisar o projeto luminotécnico apresentado pelo município e autorizar a instalação da rede de iluminação pública no trecho solicitado”, resumiu o órgão estadual.
Sobre o assunto, o comandante do 1º Pelotão da 3ª Companhia do 4º BPRv adiantou que “a questão da iluminação será devidamente verificada e, caso necessário, será confeccionando um Raia (Relatório Sobre Averiguação de Incidente de Administrativo) que será enviado ao órgão competente, para providências”.
A Prefeitura de Sumaré informou que o trecho da rodovia em território sumareense já possui iluminação pública. A Prefeitura de Nova Odessa foi questionada, mas não se manifestou.

PM E GM
Por fim, o 1º tenente PM Nobre informou já ter entrado em contato com o comando da 1ª Companhia do 48º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior), sediado em Sumaré, “no intuito de colher melhores informações e integrar as ações”. “Fui informado que (os policiais do 48º Batalhão) também estão adotando medidas preventivas, como patrulhamento e pontos de estacionamentos no local citado. Também será feito contato com as Guardas Municipais dos municípios de Sumaré e Nova Odessa sobre a questão relatada”, completou o comandante.
A mobilização do Grupo Amigos da SP-304 no Facebook já resultou, nos últimos dias 03 e 04 à noite, de uma ação de policiamento preventivo ostensivo no trecho de Sumaré da rodovia, realizado pela GCM (Guarda Civil Municipal). Nenhum suspeito foi localizado. A GCM de Sumaré “segue atenta” à situação.

Quinta-feira, 09 de Maio de 2019

Veja Também

Dia do Soldado é comemorado neste domingo pelo 48º Batalhão de Sumaré

O Dia do Soldado é comemorado neste domingo (25/08). A data foi instituída em homenagem ...