Campanha imuniza 2,5 mil moradores de Sumaré contra a gripe na 1ª semana

Segunda etapa começou na 2ª-feira; imunização é direcionada a idosos, professores, profissionais da Saúde e portadores de doenças crônicas

A segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começou na segunda-feira (22). Em Sumaré e demais cidades da região, as doses da vacina já estão disponíveis para idosos com mais de 60 anos, trabalhadores da Saúde, professores, portadores de doenças crônicas e indígenas. Na primeira semana, a Campanha contra a Gripe imunizou 2.552 moradores de Sumaré, entre crianças (de seis meses até 5 anos), gestantes e puérperas (até 45 após o parto).
A vacina protege contra os três subtipos do vírus com maior incidência – H1N1, H3N2 e Influenza B – e está disponível em 20 postos de saúde do município (confira abaixo).
A campanha teve início no dia 10 de abril e segue até o dia 31 de maio. As doses são aplicadas de segunda a sexta-feira, das 8 às 15 horas, somente para as pessoas pertencentes aos grupos prioritários, conforme estabelecido pelo Ministério da Saúde. Na primeira semana,a Campanha contra a Gripe imunizou 2.552 moradores de Sumaré,entre crianças(deseis meses até 5 anos), gestantes e puérperas(até 45 após o parto).
Para os moradores que não têm disponibilidade de comparecer nos postinhos durante a semana, a Secretaria Municipal de Saúde também vai realizar o “Dia de Mobilização”, ou “Dia D”, em 04 de maio. Nesta data, um sábado, serão abertos 22 postos de vacinação em todas as regiões da cidade.
Em Sumaré, 58.388 pessoas integram os grupos prioritários e podem receber a vacina. Já a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é imunizar 43,5 mil pessoas, o que corresponde a 90% do público alvo (crianças de seis até 5 anos, gestantes, puérperas, idosos acima de 60 anos, profissionais da Saúde e professores).
Para receber a dose, basta apresentar a Carteira de Vacinação ou documento de identificação. A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores ou para pessoas que tenham alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.
“É muito importante que as pessoas que integram os grupos prioritários procurem a unidade de saúde mais próxima de sua residência para receber a imunização. A vacina é uma das formas de prevenção mais eficiente que temos contra os principais subtipos da gripe, o que nos auxilia a garantir mais saúde e melhor qualidade de vida à nossa população”, incentivou o prefeito Luiz Alfredo Dalben (PPS).

PREVENÇÃO
A Campanha de Vacinação Nacional Contra a Gripe acontece antes da chegada do inverno, período em que a transmissão dos vírus Influenza é maior. Ela ocorre por meio do contato com secreções das vias respiratórias eliminadas por pessoas contaminadas ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). À população em geral, a Secretaria de Saúde orienta a adoção de cuidados simples para evitar a doença, como: lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal.
Os sintomas da gripe são: febre, tosse, dor na garganta, dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

Terça-feira, 23 de Abril de 2019

Veja Também

Hortolândia abre inscrições para o Programa ‘Minha Casa Minha Vida’

Interessados devem fazer o cadastro pela internet até o dia 20 de julho; são 620 ...